Fim de Semana Violento em Minas Gerais: Mais de 20 Homicídios Registrados

O último fim de semana, de 26 de maio a  de junho de 2024, foi marcado por uma onda de violência em Minas Gerais, com mais de 20 homicídios registrados em diversas regiões do estado. Entre os casos mais impactantes, destacam-se uma chacina em Teófilo Otoni, um assassinato em uma concessionária de veículos em Belo Horizonte, e um tiroteio em uma quadra de esportes em Betim. A seguir, detalhamos alguns dos episódios mais marcantes desse trágico fim de semana.

Chacina em Teófilo Otoni

Na noite de sábado (1), três homens foram brutalmente assassinados a tiros em um bar localizado no bairro Bela Vista, em Teófilo Otoni. Segundo os primeiros levantamentos da polícia, o crime pode estar relacionado ao tráfico de drogas, que tem gerado uma escalada de violência na região. Testemunhas relataram que dois homens armados chegaram em uma motocicleta e dispararam contra as vítimas, fugindo em seguida. A polícia continua investigando o caso e realizando diligências para capturar os responsáveis.

Assassinato em Concessionária em Belo Horizonte

Continua após a publicidade

Um funcionário de uma concessionária de veículos foi morto a tiros durante um assalto ao estabelecimento, localizado na região da Pampulha, em Belo Horizonte. A vítima, foi surpreendida por dois assaltantes armados que invadiram a concessionária. A vítima foi baleada pelos criminosos, que fugiram. 

Tiroteio em Quadra de Esportes em Betim

Um tiroteio em uma quadra de esportes no bairro Jardim Teresópolis, em Betim, resultou na morte de um homem e deixou outro ferido. A motivação do crime ainda é desconhecida.

Continua após a publicidade

Violência em Belo Horizonte

Belo Horizonte, a capital do estado, registrou 8 homicídios ao longo do fim de semana. Embora o número seja alarmante, as autoridades informaram que a taxa de homicídios na capital mineira está abaixo da média do ano passado.

Chacina na Zona Rural de Mutum

Continua após a publicidade

Um dos casos mais chocantes ocorreu na zona rural de Mutum, no Córrego da Onça, distrito de Ocidente. No sábado (), quatro pessoas foram assassinadas a tiros em uma residência. As vítimas foram identificadas como Eduardo da Silva Alves, 33 anos, Renan das Neves da Costa, 35 anos, Verônica Priscila Araújo de Souza, 34 anos, e uma mulher ainda não identificada. Eduardo da Silva Alves, que era o alvo principal do ataque, estava sendo ameaçado por uma facção criminosa local, conhecida como Irmãos Maria, por traficar drogas de forma independente. Dois homens, de 30 e 35 anos, também foram atingidos, mas conseguiram sobreviver.

De acordo com informações recebidas pelo COPOM, um tiroteio foi reportado na localidade, e uma das vítimas, ferida, conseguiu chegar até uma residência próxima para pedir socorro. Ao chegar ao local, a Polícia Militar encontrou quatro pessoas mortas, três delas ainda deitadas nas camas e uma na frente da casa. As equipes de segurança continuam em busca dos autores do crime.

Conclusão

O fim de semana de 26 de maio a  de junho, foi um período de extrema violência em Minas Gerais, evidenciando a necessidade de ações mais contundentes das forças de segurança para combater o aumento da criminalidade. A polícia segue investigando os casos e busca identificar e prender os responsáveis por esses crimes bárbaros.

Siga o canal do Destak News e receba as principais notícias no seu Whatsapp!