Cuidar da saúde é importante durante todo o ano. Em fevereiro, mês do Carnaval, no entanto, é importante reforçar alguns cuidados especiais.



Fonte: Agência Minas

Por isso, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) lança a Campanha “A Folia Fica Completa Com Camisinha” e irá distribuir, em todo o Estado, 7.317.704 unidades de preservativos masculinos.
A coordenadora do Programa de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), Aids e Hepatites Virais da SES, Jordana Costa, explica que o objetivo da campanha é focar na prevenção. “É fundamental conscientizar os foliões acerca da prevenção, com orientações para toda a população e distribuição de preservativos”, diz.
Além da distribuição, o Estado também desenvolve ações de prevenção e assistência aos pacientes com infecções sexualmente transmissíveis, a fim de diminuir o número de novos casos e aumentar o diagnóstico precoce dessas doenças.
“O tratamento para HIV/Aids é realizado por meio da terapia antirretroviral fornecido pelo Departamento IST/Adis e Hepatites Virais e a dispensação é realizada pelo estado para os municípios. Desde 1996, o Brasil distribui gratuitamente os medicamentos necessários a todas as pessoas que vivem com HIV e que necessitam de tratamento”, explica a coordenadora.
HIV em Minas
Em Minas, entre 2010 até o início deste mês, foram notificados 30.276 casos de HIV/Aids. A maior concentração de casos de HIV/Aids no Estado está na faixa etária de 20 a 34 anos. A incidência maior entre os mais jovem está ligada, segundo a SES, a diversos fatores, entre eles a baixa idade das primeiras relações sexuais, a variabilidade de parceiros, a falta de prevenção e o uso de drogas ilícitas.

Publicidade