AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Campeã do Grupo Especial do RJ, será conhecida nesta quarta-feira

14/02/2018

Apuração começa a partir das 15h30. Salgueiro, Mangueira e Portela são as favoritas do Carnaval 2018

Agência O Dia


Salgueiro levou um enredo sobre mulheres negras neste ano - Daniel Castelo Branco
Rio - A campeã do Grupo Especial do Carnaval carioca será escolhida nesta Quarta-Feira de Cinzas. A apuração dos desfiles começará a partir das 15h30, quando também será conhecido o critério de desempate das agremiações. Ao todo, 13 escolas passaram pela Marquês de Sapucaí em dois dias. Acadêmicos do Salgueiro, Portela e Estação Primeira de Mangueira são as favoritas para conquistar o título. O DIA vai exibir a apuração em tempo real.


Confira como foram os desfiles
Unidos da Tijuca
A Unidos da Tijuca entrou na Sapucaí neste segunda-feira para tentar deixar para trás os problemas do ano passado, quando uma alegoria da escola acabou afundando na Avenida, prejudicando completamente o seu desfile. E a agremiação do Borel foi bem sucedida. Com um enredo sobre ator e dramaturgo, Miguel Falabella, a Tijuca divertiu o público na Sapucaí e abriu bem o segundo dia de desfiles do Especial.
Portela
Uma das campeãs do ano passado, a Portela passou na Sapucaí disposta a emocionar. As belas fantasias da escola, uma marca da carnavalesca Rosa Magalhães, que fez a sua estreia pela agremiação deram o tom do desfile da Águia. A apresentação emocionou a Sapucaí, apesar de apresentar alguns problemas relacionados principalmente aos menores recursos que a Portela teve para este Carnaval.
União da Ilha
Conhecida por desfiles com muita leveza, a União da Ilha do Governador fez uma animada apresentação nesta segunda-feira na Sapucaí. Com um enredo sobre a culinária brasileira a escola chamou a atenção pelas belas cores que exibiu na Avenida. A agremiação sustentou bem os quesitos de chão e levantou o público no Sambódromo.
Salgueiro
Quarta escola a entrar na Sapucaí, o Salgueiro teve uma grande apresentação nesta segunda-feira. Com belas alegorias e fantasias e com um chão arrasador, a escola da Tijuca se credencia como um das favoritas ao título do Carnaval de 2018. A apresentação coroou o trabalho de estreia do carnavalesco Alex de Souza.
Imperatriz
A Imperatriz Leopoldinense enfrentou a dificuldade de entrar na Sapucaí, logo após a bela apresentação do Salgueiro que sacudiu a Avenida. A escola de Ramos cumpriu um bom papel, mesmo estando distante da agremiação da Tijuca. O belo samba-enredo deu o tom a apresentação que contou com um capricho grande nas fantasias. O desfile, no entanto, apresentou alguns problemas, principalmente em alegorias e evolução.
Beija-Flor
Última escola a desfilar, a Beija-Flor de Nilópolis voltou a experimentar na Sapucaí. Com um tema crítico, a escola da Baixada Fluminense não conseguiu repetir os bons desempenhos de Mangueira e Tuiuti no último domingo. O enredo da agremiação foi desenvolvido de forma muito confusa e as alegorias apresentaram acabamento abaixo do esperado. Os pontos positivos foram os quesitos de chão.

Enredo da Beija-Flor foi desenvolvido de forma muito confusa e as alegorias apresentaram acabamento abaixo do esperado - Daniel Castelo Branco

Império Serrano
Após oito anos na Série A, o Império Serrano cumpriu o seu papel no desfile de retorno ao Especial. A escola da Serrinha superou a desconfiança de antes do Carnaval e realizou uma boa apresentação neste domingo. Os pontos fortes da escola foram as alegorias, que mostraram um belo acabamento e a condução do samba-enredo pela bateria do Mestre Gilmar. Os pontos negativos ficaram por conta das fantasias, que não mantiveram o nível dos carros, além de alguns problemas de evolução. Além disso, a escola acabou acelerando o seu final e acabou terminando o desfile antes do tempo mínimo.
São Clemente
Segunda escola a passar na Avenida neste domingo, a São Clemente apresentou muita beleza estética na Sapucaí. Estreante no Especial, Jorge Silveira assinou um desfile de muita qualidade nas alegorias e nas fantasias. O enredo foi de fácil entendimento para que acompanhou a escola. A agremiação, no entanto, apresentou irregularidades nos quesitos de harmonia e evolução.


A matéria continua após a publicidade



Vila Isabel
A Vila Isabel apresentou um visual bem diferente do que costumou levar para a Sapucaí em sua história. Com o enredo "Corra que o futuro vem aí", de Paulo Barros, a escola veio com uma cara bem futurista e impressionou o público no Sambódromo. Com alegorias e fantasias bem acabadas, a escola manteve um nível bom nos quesitos de chão e deverá brigar pelos primeiros lugares no grupo Especial.
Paraíso do Tuiuti
Quarta escola a entrar na Sapucaí neste domingo, a Paraíso do Tuiuti levantou a Avenida. De forma surpreendente, a agremiação superou a desconfiança por conta do acidente do ano passado e passou com um desfile impressionante no Sambódromo. Além das belas alegorias e fantasias, a escola exibiu um canto muito forte que a permite inclusive sonhar com uma colocação longe da luta contra o rebaixamento para a Série A.
Grande Rio
A estreia de Renato Lage pela Grande Rio não foi do jeito que a escola de Caxias esperava. Com um enredo sobre o apresentado Chacrinha, morto em 1988, a escola teve alguns problemas em alegorias que acabaram comprometendo a agremiação de Caxias. Considerada uma das favoritas ao título, a Grande Rio dificilmente conseguirá brigar pela conquista inédita.
Mangueira
Um dos momentos mais esperados da domingo, a Mangueira não decepcionou o público da Sapucaí. Novamente o carnavalesco Leandro Vieira mostrou a sua marca com belíssimas fantasias e alegorias extremamente bem acabadas. Nos quesitos de chão a escola também cumpriu o seu papel levantando a Avenida com o seu belo-samba. O desfile só não foi perfeito, porque algumas alegorias da escola apresentaram pequenos problemas, com o abre alas que passou em boa parte do desfile com uma parte apagada. A agremiação verde e rosa irá lutar pelo título.

Carnaval 2018 - Desfile das Escolas de Samba do Grupo Especial na Marques de Sapucaí. G.R.E.S. Estação Primeira de Mangueira - Severino Silva

Mocidade
Última escola a desfilar no primeiro dia de desfiles, a Mocidade passou pela Sapucaí praticamente o tempo todo com o dia claro. A escola de Padre Miguel cumpriu um bom papel, porém, alguns deslizes deixaram a luta pelo bicampeonato do Carnaval um pouco mais complicada. A escola deverá lutar por uma vaga entre as primeiras do Especial.
Campeã do Grupo Especial do RJ, será conhecida nesta quarta-feira Reviewed by DestakNews Brasil on 11:16 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.