A Polícia Civil instaurou inquérito, nesta segunda-feira (29), para apurar o suposto envenenamento de um padre e a mãe dele na cidade de Ouro Fino, no Sul de Minas. O padre de 41 anos e a mãe dele, de 81, foram encontrados por uma irmã do sacerdote passando mal dentro de casa. A irmã desconfiou que algo estaria errado quando percebeu que os gatos da família estavam passando mal. Segundo o boletim de ocorrência, a mulher prestou socorro aos familiares e acionou a polícia.
A assessoria de imprensa da Polícia Civil informou que o caso foi registrado no último sábado (27) e que uma equipe policial esteve no hospital de Ouro Fino para conversar com a mãe do religioso. A idosa contou que ela, o filho e os gatos começaram a passar mal depois do almoço, quando preparou uma carne moída. No entanto, como ainda se recupera, ela não soube passar outros detalhes. Nos próximos dias, a dona de casa e o padre Paulinho devem ser ouvidos.
Em nota, a Canção Nova informou que o padre estava em Minas para visitar a mãe. O sacerdote atua na Comunidade Canção Nova em Cachoeira Paulista, em São Paulo, e apresenta os programas Hora da Misericórdia e Dai-nos a bênção, pela rádio Canção Nova. No próximo mês, ele segue para a Casa de Missão Canção Nova em Portugal.

Publicidade