Um homem de 30 anos foi preso no fim da noite desta terça-feira (23), no bairro Santa Terezinha, na Pampulha, suspeito de tráfico de drogas. Na casa dele, a Polícia Militar apreendeu cerca de 72 plantas de maconha, além de sementes e do entorpecente pronto para o consumo. Em uma cobertura de luxo, o rapaz mantinha uma estufa para a produção do entorpecente geneticamente modificado.
Os militares identificaram o imóvel após uma denúncia anônima durante o patrulhamento de rotina na rua Maria Cecília. Ao chegarem no local, os policiais conseguiram identificar o cheiro forte do entorpecente. Ainda de acordo com a corporação, eles tentaram entrar na residência, mas o suspeito não estaria em casa.
Os policiais, então, escalaram o muro de um imóvel ao lado do apartamento suspeito e localizaram a estufa e a plantação de maconha. A PM cercou o local até a chegada do suspeito, que autorizou a entrada dos militares.
No local, a polícia encontrou além dos pés de maconha, sementes, balança de precisão, além de dois sacos de cocaína, prontas para o consumo. Para a polícia, o suspeito disse que cultiva o entorpecente há um ano e tem como “clientes” pessoas com alto poder aquisitivo.
Além da droga, a polícia localizou ainda documentos falsos, um diploma de Educação Física falso e R$ 6.435 em dinheiro. O rapaz foi preso em flagrante. A PM informou que o suspeito não tem passagem pela polícia. Todo o material foi apreendido e encaminhado para a Central de Flagrantes (Ceflan) da Polícia Militar.

Publicidade