O número de mortes em decorrência da febre amarela em Minas pode chegar a 32. Nesta segunda-feira (29), a Prefeitura de Alvinópolis, na região Central de Minas, emitiu nota oficial confirmando a morte de um paciente com os sintomas da doença. A contaminação foi feita após exames da Fundação Ezequiel Dias (Funed).

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Alvinópolis, a vítima é um homem de 67 anos, morador da zona rural da cidade, e havia dado entrada na unidade de saúde no dia 13 de janeiro. Com a piora no quadro clínico, foi transferido para o Hospital Arnaldo Tavares Filho, em Ponte Nova, e veio a óbito na última quarta-feira (24).

Na manhã desta segunda-feira também foi confirada a morte de mais um paciente em Barbacena, no Campo das Vertentes. Segundo a prefeitura da cidade, o homem de 41 anos morreu no último sábado (27). Ele era morador da cidade de Ouro Branco, região Central de Minas.

A Secretaria de Estado de Saúde ainda não confirma o número de mortes no Estado. O próximo boletim epidemiológico deve ser publicado nesta terça-feira (30). O último balanço de mortes, publicado no dia 23, contava 25 óbitos em decorrência da febre amarela desde o início do monitoramento, em julho de 2017.


A matéria continua após a publicidade