AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Moradores de Oliveira contabilizam prejuízos causados pela chuva

05/01/2018

A forte chuva que atingiu a cidade na tarde dessa quinta-feira (4) afetou pelo menos 53 famílias, segundo a prefeitura municipal, que decretou estado de calamidade pública devido aos danos

O Tempo

 (Fotos: Alex de Jesus)

Os móveis novos comprados em dezembro pela aposentada Maria da Consolação Oliveira, 63, mal chegaram a casa da família no bairro São Bernardo em Oliveira, no Centro-Oeste de Minas, e, na manhã desta sexta-feira (5), já foram jogados fora. A forte chuva que atingiu a cidade na tarde dessa quinta-feira (4) afetou pelo menos 53 famílias, segundo a prefeitura municipal, que decretou estado de calamidade pública devido aos danos.
Pelas contas de Maria, em 17 anos morando no imóvel, essa é a quarta vez em que a casa é alagada. Localizada ao lado de um córrego, o local costuma ser inundado com as chuvas. Para Maria, contudo, prejuízo dessa vez foi maior. Lama chegou a entrar nos móveis e geladeiras da casa. “Da última vez que choveu, eu perdi algumas coisas. Então em dezembro eu comprei dois colchões novos e fui tentando repôr o que perdemos. Sempre dá problema aqui, mas dessa vez veio com tudo. Perdi quase toda a comida que tinha na cozinha, as panelas e vasilhas, tudo”, contou emocionada.
Além dos prejuízos de sempre, Maria também perdeu parte dos sacos de cimento que comprou para fazer um portão para a sua casa. “Tem muito tempo que queremos fazer a obra, aí quando conseguimos fazer, acontece isso. Não dá nem vontade mais, né?”, contou o filho da aposentada, o representante comercial Júlio Henrique de Oliveira, 37.
Outro que sofreu na pele os danos da chuva foi o jardineiro João Bosco Reis, 63. Ele estava trabalhando em um condomínio quando a chuva começou. O carro dele estava estacionado na rua e foi levado pela enchente. “Em questão de minutos o carro percorreu um quilômetro mais ou menos. Ele tava aqui e foi sendo levado. Parou muito longe. Quando eu vi, ele já estava todo amaçado, sujo e com as rodas pra cima. Deu perda total. Acabou mesmo”, afirmou.

A matéria continua após a publicidade

Desde as 9h desta sexta-feira, equipes do  Samu, do Corpo de Bombeiros, da Secretaria Municipal de Saúde e da Defesa Civil de Oliveira fazem uma ronda nos bairros mais afetados pela chuva oferecendo atendimento médico aos atingidos. “Estamos percorrendo as casas para ver se as pessoas perderam alguma medicação, se tiveram algum contato com a água ou algum sintoma”, informou a farmacêutica da Secretaria Municipal de Saúde, Fernanda Mendes Leite.
Segundo a Prefeitura Municipal de Oliveira, os locais mais afetados até o momento pela chuva são a avenida Maracanã e os bairro Santo Antônio, São Bernardo e Aparecida. A sede da Escola Municipal Djalma Pinheiro Chagas está sendo utilizada para receber os desabrigados e as doações de cobertores e alimentos não perecíveis, mas, até o momento, nenhuma família procurou o local. Também não há registro de pessoas machucadas. 
Uma mulher morreu na cidade após sofrer um infarto ao chegar na casa da filha onde começou um alagamento na noite desta quinta-feira (4). A vítima ficou nervosa, passou mal e acabou não resistindo.

 

Moradores de Oliveira contabilizam prejuízos causados pela chuva Reviewed by DestakNews Brasil on 15:16 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.