Duas meninas, de 3 e 4 anos, morreram afogadas no fim da tarde deste domingo (21) em uma casa usada como clube no bairro Vista Alegre, região Oeste da capital. De acordo com o pai de uma das vítimas, que eram primas, a família estava celebrando no local e decidiu ir embora por volta das 18h. Foi o momento em que encontraram elas em uma das piscinas.
“Nós corremos para o 5º Batalhão, chamamos o Samu, que apareceu rapidinho, mas não tinha mais tempo. Perdemos as nossas menininhas”, contou, aos prantos, o gari Helbert Santiago Santos, pai de Alice, de 3 anos. Os socorristas tentaram reanimar as crianças durante vários meninos, mas não conseguiram.
A família decidiu fazer um Boletim de Ocorrência para registrar uma reclamação sobre o clube, onde não havia salva-vidas. “Vamos acionar a Justiça para que isso não aconteça novamente com uma criança”, disse o pai. Alice será enterrada nesta segunda, no cemitério da Saudade.
A reportagem entrou em contato com o clube, mas o número só dá sinal de ocupado.  

Publicidade