O clube onde duas crianças morreram no último domingo (21) foi interditado pela Prefeitura de Belo Horizonte por não possuir alvará de funcionamento. Para retomar as atividades do estabelecimento, o proprietário deverá regularizar a documentação.
Na tarde de domingo (21), duas meninas, de 3 e 4 anos, se afogaram em uma das três piscinas do local, localizado no bairro Vista Alegre, região Oeste da capital. A família delas, que eram primas, festejavam no local e perceberam o acidente na hora de ir embora, por volta das 18h. Uma equipe do Samu tentou reanimar as meninas, mas não conseguiu.
A família fez um Boletim de Ocorrência pois não havia salva-vidas no local. Uma lei municipal estabelece que este profissional  é obrigatório em todas as piscinas públicas da capital. 

Publicidade