AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

BH confirma primeira morte por febre amarela; óbitos em Minas saltam para 12

16/01/2018
Outros 34 casos continuam em investigação para febre amarela em Minas
Belo Horizonte registrou a primeira morte do ano por febre amarela. 

Hoje em Dia

A confirmação foi feita na tarde desta terça-feira (16) pela Secretaria Municipal de Saúde (SMSA). Apesar de ser residente da capital mineira, a vítima, de 53 anos, contraiu a doença em um sítio localizado na Região Metropolitana. Com o óbito, o número de pessoas que perderam a vida em decorrência da enfermidade saltou para 12 em Minas Gerais.
De acordo com a SMSA, a morte do belo-horizontino ocorreu na última quinta-feira (11), mas o resultado dos laudos que confirmaram a febre amarela como a causa do óbito só saiu nesta semana. A vítima, que não teve o nome divulgado, é do sexo masculino e morava na região do Barreiro. Ela não havia se vacinado contra a doença, segundo a Secretaria de Saúde.
Desde que sentiu os primeiros sintomas da doença, o homem foi levado para o Hospital Júlia Kubistschek, onde faleceu. A notificação da suspeita aconteceu um dia antes da morte. 
A prefeitura esclareceu que as demais mortes ocorridas na capital mineira foram de moradores de outras cidades, que pegaram a doença em outros municípios, mas estavam internados para tratamento no Hospital Eduardo de Menezes, em BH.
Doença mortal
Essa morte ainda não consta no balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). No último levantamento, de segunda-feira (15), o Estado contabilizava 12 casos confirmados de febre amarela silvestre. Desse total, 11 evoluíram para o óbito. Outros 34 casos suspeitos continuam em investigação, sendo oito mortes.
Nova Lima, na Região Metropolitana de BH, foi a cidade mineira que registrou mais mortes em decorrência da doença: quatro no total. Mariana teve dois óbitos e Brumadinho, Carmo da Mata, Mar de Espanha, Goianá e Barra Longa uma morte cada.
Prevenção
A SMSA informou que desde que recebeu a suspeita de contaminação por febre amarela reforçou a vistoria em 520 imóveis próximo a residência do morador, para acabar com os focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença. 
O órgão também alertou para a necessidade de se vacinar contra a doença, principalmente para aqueles que vão viajar para áreas de sítios, chácaras e região de matas silvestres. "A imunização deve ser feita 10 dias antes da viagem para esses locais. Uma única dose é suficiente para garantir proteção para a toda a vida", garantiu a secretaria.
Em BH, todos os 152 centros de saúde estão abastecidos com a vacina contra a febre amarela. Para facilitar o acesso da população, todos as unidades de saúde vão abrir neste sábado (20), de 8h as 17h, para reforçar a vacinação.

Publicidade
 
BH confirma primeira morte por febre amarela; óbitos em Minas saltam para 12 Reviewed by DestakNews Brasil on 14:59 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.