AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Mulher que matou síndica no Natal teve prisão em flagrante convertida para preventiva

27/12/2017
Ludmilla Rivas da Silva (Foto), foi morta com uma facada no pescoço
 
Hoje em Dia
O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) converteu para preventiva a prisão em flagrante da mulher de 27 anos, suspeita de matar a síndica Ludmilla Rivas da Silva, 37 anos, na última segunda-feira (25), no bairro Parque São José, região Oeste de Belo Horizonte. A síndica foi morta pela vizinha com um golpe de faca no pescoço. A vítima foi enterrada nesta quarta-feira (27), em Mimoso do Sul (ES).
A prisão foi convertida nesta quarta-feira (27), durante audiência de custódia. Segundo informações da Vara Criminal, a suspeita ficará presa durante a conclusão do inquérito policial e os trâmites de todo o processo judicial sobre o homicídio.

Publicidade
 
Mulher que matou síndica no Natal teve prisão em flagrante convertida para preventiva Reviewed by DestakNews Brasil on 18:39 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.