A produtividade de Robinho na temporada que se encerrou apareceu apenas na reta final, principalmente após a contratação de Oswaldo de Oliveira. Não valeu quanto custou, e tal fator pesou para que o camisa 7 esteja, hoje, com um pé e meio fora do clube. A informação é do apresentador Héverton Guimarães, da Band Minas.
O jogador não deverá renovar o contrato com o Galo, conforme apurou o Hoje em Dia. A família gostaria de permanecer em Belo Horizonte, onde Robinho mora com a esposa e os três filhos. O próprio atleta se sente em casa no clube. Mas o Atlético só gostaria de estender o vínculo se houvesse redução salarial de quase 50% em relação aos cerca de R$ 730 mil.
Quem cresceu o olho nesta saída do "Rei das Pedaladas" foi o eterno amor do atleta, o Santos. Modesto Roma Júnior, que concorre à releição no Peixe neste sábado (9) sonha no retorno do "Menino da Vila". O Santos estaria disposto a pagar cerca de R$ 600 mil pelo atacante, que era quanto o alvinegro praiano ofereceu para Lucas Lima renovar contrato.

A matéria continua após a publicidade