AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

De olho em descontos, consumidores de BH devem gastar, em média, R$ 170 na Black Friday

07/11/2017
Assim como na edição de 2016, parte da população deve aproveitar a ação deste ano para comprar produtos de maior valor, como celulares
 
Hoje em Dia
 
Tão aguardada por consumidores e lojistas, a Black Friday brasileira pretende movimentar o comércio neste mês. Com a expectativa de grandes descontos e boas promoções, os belo-horizontinos planejam gastar, em média, R$ 170 por produto durante a ação, que irá acontecer no dia 24, exatamente um mês antes da noite de Natal.
Os dados fazem parte de pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH), entre 2 e 18 de outubro, com 200 pessoas. O levantamento mostra ainda que quase 42% dos consumidores realizarão suas compras preferencialmente nas lojas de rua. Outros 33% dos entrevistados pretendem comprar nos shopping centers. Somando, pouco mais que 74% irão consumir em lojas físicas.
“A preferência pelas lojas de rua e shoppings é uma novidade, tendo em vista que o evento se originou no e-commerce. Isso mostra que o varejo tradicional acertou em cheio ao aderir às promoções da Black Friday”, afirma a economista da CDL-BH, Ana Paula Bastos.
Já os consumidores que preferem utilizar a internet para caçar promoções e efetuar as compras correspondem a 26%. Os jovens entre 18 e 24 anos são os que mais vão utilizar a web, junto com as pessoas de 25 a 34 anos, com 30%. Apesar de o tíquete médio geral ser de R$ 170, grande parte das pessoas (28%) tem a intenção de gastar R$ 500 ou mais.

A matéria continua após a publicidade
 

“Parte da população espera a data para comprar produtos de maior valor como os celulares, tablets e vídeo games. Esses itens costumam ter um percentual significativo de descontos na Black Friday”, comenta a economista da CDL-BH. Entre os segmentos, o menor tíquete médio ficou com o de vestuários (R$ 97). Já os maiores valores são dos eletrônicos e eletrodomésticos, em R$ 256 e R$ 368, respectivamente.
Razões
Ainda de acordo com Ana Paula, os consumidores estão cada vez mais atentos aos preços baixos e às promoções realizadas na Black Friday. Segundo levantamento da CDL-BH, 48% afirmaram que aguardam o dia 24 deste mês para as compras. Para quem vai consumir na Black Friday, os principais motivos são: promoções e/ou descontos melhores (39%), preços mais baixos (23%), forma de pagamento mais atrativa (12%), aproveitar os descontos para comprar os presentes de Natal (7%) e aproveitar o 13º salário (5%).
Já 52% dos entrevistados afirmaram que não irão comprar na Black Friday. “Muita gente não vê vantagens ou está cortando gastos. Além disso, mesmo com melhoras nos indicadores econômicos, os consumidores ainda estão cautelosos”, diz Ana Paula.
De olho em descontos, consumidores de BH devem gastar, em média, R$ 170 na Black Friday Reviewed by DestakNews Brasil on 12:39 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.