AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Operação do MP prende presidente da Câmara Municipal de Iguatama e outros dois por suspeitas de fraudes

19/10/2017

Presidente da Câmara e outros dois são presos em Iguatama/MG

Por Mateus Felipe

 (Fotos: Iguatama Agora)

Além do presidente da Câmara Herivelton Ferreira Pedrosa foram presos ainda o ex. Vereador Genilson Basílio do Vale e o assessor Jurídico da Câmara Municipal, Dr. Hirondel Lopes de Camargos. Os três foram levados para o presidio de Arcos onde estão encarcerados. O Motivo da apreensão é que os mesmos são suspeitos de organização criminosa, peculato-desvio e fraude a procedimentos licitatórios.
     Os vereadores Hélio dos Reis Pinto e Paulo Luchen foram afastados de suas funções e vão receber medidas cautelares, medidas essas que prevê o recolhimento noturno e nos dias de folga, além de vedação de contato com as testemunhas. Ainda estão sendo investigadas outras 16 pessoas entre elas o contador do legislativo e sua filha e uma servidora pública que também irão sofrer as penalidades das medidas cautelares.

O MP (Ministério Público) ainda comprimiu mandatos de busca na casa do vereador Olemar Coutinho e de um outro assessor parlamentar. Durante as busca na casa do presidente da câmara municipal foi encontrada uma arma de fogo que foi apreendida. Segundo o Promotor Dr. Ângelo Ansanelli coordenador do GAECO “Grupo de atuação especial de combate ao crime organizado” ele ficou surpreso com a tranquilidade em que todo o esquema corria e os envolvidos pareciam não se importar com tudo que estava acontecendo.No início do Ano, o carro de serviços das câmara municipal sofreu um acidente e segundo apontam as informações o vereador que estava responsável pelo carro no momento estava com sua família fazendo atividades particulares. O carro da câmara está em um oficina e parado para conserto, e mesmo diante de tal situação ainda foram expedidos cupons fiscais de abastecimento que levam a crer que os servidores abasteciam seus carros particulares e identificavam como se o abastecimento fosse feito no carro da câmara municipal. Segundo o Dr. Ângelo Ansanelli tal operação foi desencadeada pelo Ministério Público, juntamente com as polícias Civil e Militar, foi iniciada após a denúncia de um ex-vereador. E o nome da operação "Casa dos Espíritos" se dá devido a quantidade de funcionários fantasmas envolvidos com a câmara municipal. 

Após a denúncia todos os envolvidos foram monitorados pelo MP através de escutas telefônicas o que ajudou o desenrolar da operação. Ainda está sobre investigação um esquema com relação ao transporte de pessoas por um moto taxista, uma faxineira que assinou recibos de pagamentos sem nunca ter prestado serviços a câmara municipal, o uso do nome de laranjas para assinar notas frias para serviços prestados a câmara e o dinheiro era dividido para os três acusados e ainda corre uma investigação no Ministério Público sobre a aquisição de produtos de limpeza e do gênero alimentício que nunca foram entregues na câmara municipal. Os suspeitos foram levados ao presidio de Arcos onde ficarão detidos por 05 dias e pode ser prorrogado por mais 05 dias ou o MP pode pedir a prisão preventiva dos mesmos, para que não interfiram nas investigações. Participaram ainda da operação o Coordenador do GAECO de Divinópolis Dr. Ângelo Assanelli, o Promotor de justiça Dr Eduardo Almeida e o promotor de justiça Dr Eduardo Fantinati, além de 31 Policiais Militares, 17 Policiais Civis e 10 Servidores do Ministério Publico.

 Publicidade

Operação do MP prende presidente da Câmara Municipal de Iguatama e outros dois por suspeitas de fraudes Reviewed by DestakNews Brasil on 16:39 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.