AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Mesmo em crise, Prefeitura de Arcos pode comprar 1 tonelada de pão de queijo e 78 mil salgados

31/10/2017
A Prefeitura de Arcos, na região Centro-Oeste de Minas, tem previsão de gastar cerca de R$ 154 mil com fornecimento de lanche para órgãos da administração pública. A contratação de uma empresa para fornecer coffee breaks prevê 1 tonelada de pão de queijo, mais de 78 mil salgados e 6.800 litros de refrigerantes. O curioso é que a administração municipal publicou decreto para corte de gastos no início do mês.

Com O Tempo

De acordo com o edital que fixa preços, os serviços serão destinados, por um ano, às nove secretarias da prefeitura, além de outros setores da administração municipal na realização de pequenas reuniões de governo, bem como para possíveis necessidades dos grupos do Centro de Referência da Assistência Social (Cras), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e grupos da terceira idade. Em média, se todo o valor disponível for utilizado, o gasto mensal com alimentos será de, aproximadamente, R$ 13 mil.

No primeiro lote de produtos listados no edital, a administração municipal estipula que poderá ser adquirida 1 tonelada de pão de queijo, 700 bolos de formato retangular ou redondo, 400 kg de pão de sal (francês), 350 kg de broinha, 110 kg de patê de frango, 100 kg de presunto, 100 kg de muçarela, 100 kg de rosquinha de nata e 250 kg de biscoito de polvilho.

Ainda nesse lote, existe a possibilidade de compra de 800 minissanduíches, que devem ser naturais, recheados com, no mínimo presunto, muçarela, maionese e alface. Ao todo, a primeira parte do certame soma 2,4 toneladas de alimentos.

O segundo lote é destinado à compra de salgados, divididos em pastéis fritos e assados, enroladinhos, empadas, bolinhos de queijo, coxinhas de catupiry e frango, quibes e risoles. Ao todo poderão ser comprados até 78 mil quitutes. Por último, no terceiro lote, serão 3.400 garrafas de refrigerantes variados, de 2 litros cada, e 800 caixas de suco de “boa qualidade”, segundo o edital.


A notícia continua após a publicidade


Questionada sobre a licitação, a administração municipal informou que o edital levou em consideração a quantidade e os valores gastos nos anos anteriores. Sem informar o número de eventos realizados, a Prefeitura de Arcos disse que o valor pode ou não ser gasto, que isso vai variar de acordo com a demanda da administração. A pasta destacou ainda que os lanches são voltados para a comunidade, não para os servidores.

No início do mês, a Prefeitura de Arcos publicou um decreto em que determinou a redução de gastos no serviço público municipal. As medidas foram tomadas devido à previsão de queda da arrecadação, que deve chegar a R$12 milhões, e preveem corte de horas extras e de cargos comissionados.

De acordo com a prefeitura, a contenção de gastos não atinge nenhuma prestação de serviço nem o pagamento do salário e do 13º dos servidores. Entre as medidas adotadas até o momento estão a proibição de pagamento de horas extras a todo servidor municipal, com exceção de urgências, limitada a duas horas diárias, corte de diárias e de um terço do salário que era pago a servidores que faziam horas a mais de trabalho, fusão de funções, remanejamentos e demissões.
Mesmo em crise, Prefeitura de Arcos pode comprar 1 tonelada de pão de queijo e 78 mil salgados Reviewed by DestakNews Brasil on 13:11 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.