AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Acusada de escravidão doou a deputado que tentou flexibilizar CLT

31/10/2017

Tucano propôs PL para diminuir multas em caso de irregularidades do empregador

Com Informações: Veja Online

(Reprodução/Reprodução)

Uma obra em Belo Horizonte, realizada pela construtora CCM, foi autuada pelo Ministério do Trabalho por empregar 40 trabalhadores em condições análogas à escravidão.
A CCM é uma doadora de valores para campanhas eleitorais. Em 2014, ela apoiou o deputado Domingos Sávio (PSDB-MG) com uma doação singela: 15 mil reais.

O tucano, por sua vez, tem um projeto de lei que flexibiliza, justamente, direitos trabalhistas. O Projeto de Lei 6.787/2016  propõe reduzir o valor da multa de 6 mil reais para 3 mil reais por empregado não registrado. Além disso, para cada informação omitida pelo empregador, Sávio quer que a multa diminua de 1 mil reais para 100 reais.
“A presente emenda tem como objetivo desonerar o empregador, que já sofre com altos encargos tributários em sua atividade empresarial. Em um momento de crise e aumento do desemprego não devemos trazer mais custos para as empresas, que são a fonte de emprego e renda dos brasileiros”, diz o deputado na justificativa do PL.

Publicidade

Acusada de escravidão doou a deputado que tentou flexibilizar CLT Reviewed by DestakNews Brasil on 01:06 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.