AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

PM procura chefe do tráfico e bandidos que invadiram Rocinha pelo 5º dia seguido

22/09/2017

Batalhão de Choque atua na favela na manhã desta sexta-feira e tiros causam pânico. Vias da região foram fechadas e um ônibus foi incendiado

Com Agência O Dia/DestakNews


Bope fez ação na Rocinha pelo quinto dia consecutivo Rommel Pinto / Parceiro / Agência O Dia

 

Rio - O quinto dia de operações na Rocinha está sendo marcado por pânico e intensos tiroteios na comunidade, na manhã desta sexta-feira. Policiais dos Batalhões de Choque e de Operações Policiais Especiais (Bope) estão na favela para procurar o traficante Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, e bandidos que invadiram o local no último domingo.
Às 10h, a base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na Rua 2, que fica no alto do morro, foi atacada. Um morador foi ferido e levado ao Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea. No entanto, ainda não há a identidade e o estado de saúde da vítima.
Por causa dos confrontos, algumas vias da região precisaram ser interditadas. O Centro de Operações do Rio informou que a Praça Sibélius, sentido São Conrado, os túneis Zuzu Angel e Acústico, a partir do acesso pela Estrada Lagoa-Barra, sentido Gávea, estão bloqueados. Os motoristas podem optar pelas avenidas Padre Leonel Franca, Prefeito Mendes de Morais e Niemeyer. 
Mais cedo, um ônibus foi incendiado perto da Avenida Niemeyer, em São Conrado. Segundo a PM, o Setor de Inteligência e o Disque Denúncia receberam informações de que menores foram orientados para atear fogo em ônibus para desviar a atenção policial ao cerco da Rocinha.

Ônibus foi incendiado em São Conrado, na altura da Avenida Niemeyer Reprodução Facebook

Uma granada também foi lançada em um trecho da Estrada Lagoa-Barra, após o túnel Zuzu Angel, próximo à passarela da Rocinha. A PM disse que o Esquadrão Antibombas foi acionado e conseguiu retirar o artefato para o local. Depois, o objeto foi levado para a 11ª DP (Rocinha). Por volta das 11h30, policiais da UPP e do 23º BPM (Leblon) chegaram ao local para reforçar o policiamento. 

A matéria continua após à publicidade.


Confrontos desde domingo
O Bope e a Polícia Civil também já haviam atuado na Rocinha durante a semana. O Portal dos Procurados oferece uma recompensa de R$ 30 mil por informações sobre Rogério 157. Na madrugada desta sexta, os moradores voltaram a relatar intenso tiroteio na comunidade.
De acordo com a Polícia Civil, o homem preso nesta quinta-feira seria ligado a Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, ex-chefe do tráfico de drogas na favela. O alvo do bando era Rogério 157, ex-segurança de Nem.
Segundo a polícia, Rogério 157 se tornou inimigo de Nem após se recusar cumprir uma determinação dele. Além disso, ele devolveu o controle das bocas de fumo na Rocinha.
Na operação desta quinta, os policiais do Bope apreenderam: dois fuzis (um AK47 e um M-16); duas pistolas (uma 380 e uma 9mm); três granadas, quatro carregadores; 55 munições; 10 kg de maconha (em tablete), 180 pinos de cocaína; quatro tubos de lança perfume, 140 sacolés de erva seca e um rádio transmissor.

Bope faz operação pelo quinto dia consecutivo na Favela da Rocinha, na Zona sul do Rio, e tiroteio causa pânico e fecha vias da região Rommel Pinto / Parceiros / Agência O Dia



Bope faz operação pelo quinto dia consecutivo na Favela da Rocinha, na Zona sul do Rio, e tiroteio causa pânico e fecha vias da região Rommel Pinto / Parceiros / Agência O Dia



Bope faz operação pelo quinto dia consecutivo na Favela da Rocinha, na Zona sul do Rio, e tiroteio causa pânico e fecha vias da região Rommel Pinto / Parceiros / Agência O Dia

 

PM procura chefe do tráfico e bandidos que invadiram Rocinha pelo 5º dia seguido Reviewed by DestakNews Brasil on 14:13 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.