AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Cruzeiro supera Chape fora de casa e confirma presença no G-6

10/09/2017

Goleiro Fábio teve bela atuação para ajudar o time do técnico Mano Menezes a conquistar triunfo longe dos seus domínios 

Superfc

Rafinha abriu o placar para o Cruzeiro quando o primeiro tempo se encaminhava para o final

Por mais que a prioridade do Cruzeiro continue sendo o Flamengo, adversário da final da Copa do Brasil, tirar os olhos do Campeonato Brasileiro pode ser uma falha que cobrará um preço alto a curto e longo prazo. Seguir ativo dentro do Nacional, buscando se manter dentro ou perto do G-6, é uma meta que não pode ser perdida de vista, fazendo com que cada rodada siga sendo encarada como uma decisão.

Neste domingo, contra a Chapecoense, fora de casa, o Cruzeiro teve nas mãos a chance de retornar ao grupo da Libertadores tendo pela frente um adversário presente na zona de rebaixamento. Com muita luta, o time celeste venceu por 2 a 1 e se garantiu na sexta posição. A vitória foi ainda mais importante devido ao triunfo do Botafogo sobre o Flamengo, que fez o alvinegro carioca empatar com os mineiros em número de pontos, mas ficando atrás na tabela em virtude do saldo de gols.
A costumeira pressão que a Chape costuma fazer sobre seus oponentes, quando joga em casa, apareceu com mais intensidade no começo do jogo. O Cruzeiro recuava em demasia sua marcação, permitindo a aproximação constante dos catarinenses. Sem conseguir manter a posse de bola e trocar passes, os mineiros chamavam os adversários para seu campo. Menos mal que o melhor momento da Chapecoense no jogo não se transformou em bola na rede. Aos poucos, o time do técnico Mano Menezes foi controlando melhor o jogo e criando algumas oportunidades.

O primeiro chute a gol na partida aconteceu somente com 30 minutos de bola rolando, com Arrascaeta. Na sequência, Fábio voltou a salvar o cruzamento em cabeçada a queima-roupa de Túlio de Melo. Quando um morno primeiro tempo se encaminhava para o final, o Cruzeiro aproveitou o menor ímpeto da Chape na parcial para encaixar bem um contra-ataque e abrir o placar com Rafinha. O saldo da etapa inicial era mais do que positivo para os azuis.

A matéria continua após à publicidade.

O segundo tempo começou parecido com o primeiro: com a Chapecoense com mais posse e, desta vez, criando mais chances, esbarrando na boa atuação de Fábio para seguir atrás no placar. A chance de dobrar a vantagem e praticamente 'matar' o jogo foi perdida por Arrascaeta, aos 14min, em lance claro, frente a frente com o goleiro.
Bem postado taticamente e conseguindo fechar os espaços, o Cruzeiro encontrou seu segundo gol após bola cruzada aos 17min. Na rebatida, Raniel mostrou oportunismo para fazer a torcida respirar aliviada e ver os três pontos cada vez mais perto. Nos minutos finais, Túlio de Melo descontou e fez a Chapecoense seguir acreditando, pelo menos, em um empate. Mas o desespero e a ineficiência ofensiva do time do interior contribuíram para que o Cruzeiro segurasse o resultado positivo e fosse premiado com um triunfo que faz o time seguir operante nas duas frentes que lhe restam na temporada.
CHAPECOENSE 1 X 2 CRUZEIRO
CHAPECOENSE
Jandrei; Apodi, Grolli, Fabrício Bruno e Roberto (Diego Renan); Moisés Ribeiro, Canteros e Seijas (Júlio César); Arthur (Penilla), Wellington Paulista e Túlio de Melo. Técnico: Vinícius Eutrópio
CRUZEIRO
Fábio; Ezequiel, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Lucas Silva, Robinho (Alisson) e Rafinha; Raniel (Sassá) e Arrascaeta (Thiago Neves). Técnico: Mano Menezes
Motivo: 23ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Arena Condá, em Chapecó
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (CBF/SP)
Gols: Rafinha e Raniel (CR), Túlio de Melo (CH)
Cartões amarelos: Murilo (CR), Canteros, Grolli (CH)
Público: 9.676
Renda: R$ 195.950,00

ATUAÇÕES
Fábio - eterno salvador - 8
Ezequiel - tentou não comprometer - 5
Léo - sem inventar - 6
Murilo - mais confiante a cada jogo - 6,5
Diogo Barbosa - teve trabalho com os avanços de Apodi - 6
Henrique - bem na marcação - 6,5
Lucas Silva - apareceu pouco para o jogo - 5,5
Robinho - em busca de um melhor rendimento - 5,5
Alisson - deixou o ataque com um novo gás - 5
Rafinha - premiado com o gol - 6,5
Raniel - segue mostrando personalidade - 7
Sassá - pouco efetivo na frente - 5
Arrascaeta - ainda encontrando um bom ritmo - 6
Thiago Neves - cadenciou o jogo no meio-campo - 5,5
Cruzeiro supera Chape fora de casa e confirma presença no G-6 Reviewed by DestakNews Brasil on 21:49 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.