Como já era de se esperar, o confronto entre Internacional x Atlético, válido pelas quartas de final da Primeira Liga, não repetiu os grandes duelos que as duas equipes protagonizaram ao longo de suas histórias. 

Hoje em Dia

Com equipes alternativas em campo, mineiros e gaúchos foram em busca da vitória e, na base da raça, foi o Galo que saiu com a classificação para a fase seguinte.
Em sua primeira partida como titular desde que retornou ao clube, o atacante Clayton foi o protagonista da noite em Porto Alegre. Com o gol marcado na primeira etapa, ele deu número final ao placar eletrônico do Beira-Rio e ajudou o alvinegro a seguir vivo na competição regional. 
Apesar de bastante disputada, e com boas oportunidades de gols, a partida deixou a desejar no critério técnico. Aproveitando a chance de ser titular, o goleiro Giovanni foi o destaque do time atleticano. Com boas defesas, ele garantiu o 1 a 0, e deixou o campo como todos os holofotes.
Um dos sustos dados pelo time Colorado veio aos 30 minutos do segundo tempo, quando a bola percorreu a pequena área e, por três vezes, a zaga atleticana conseguiu evitar que balançasse a rede. Desesperado pelo empate, os donos da casa se jogaram ao ataque, mas sem sucesso.
Aos 37, Roberson desperdiçou mais uma boa chance de empate. A bola, porém, foi caprichosamente pela linha de fundo. Mas foi no penúltimo giro do cronômetro que o estádio viu o goleiro atleticano mostrar verdadeiro reflexo. Com três defesas à queima roupa, Giovanni fez intervenção digna de aplausos e evitou o empate.

A matéria continua após à publicidade.