Milhões de americanos olharam por meio de telescópios, câmeras e óculos de proteção descartáveis o momento quando a lua apagou o sol, no primeiro eclipse solar total a atravessar os Estados Unidos de costa a costa em quase um século.
"Foi uma experiência única. Realmente foi", disse Julie Vigeland, em Portland, Oregon, depois de ter sido levada às lágrimas ao ver o sol reduzido a um anel de luz prateado. "Eu vi outras coisas realmente magníficas, mas não há nada, nada perto disso. Absolutamente nada."

A temperatura caiu, os pássaros se acalmaram, os grilos cantaram e as estrelas apareceram no meio do dia, enquanto a linha de escuridão percorria 4.200 quilômetros em todo o continente, em cerca de 90 minutos, trazendo gritos e expressões de encanto. Em Boise, Idaho, onde o sol estava bloqueado em mais de 99%, as pessoas batiam e gritavam, e as luzes se acendiam brevemente, enquanto em Nashville, no Tennessee, pessoas esticavam o pescoço e olhavam para o céu.

Os passageiros a bordo de um navio no Caribe observaram o evento, que se desenrolou enquanto Bonnie Taylor cantou seu sucesso "Total Eclipse of the Heart" (1983).


A matéria continua após à publicidade.