Quando Cruzeiro e Grêmio adentraram ao gramado do Mineirão nesta quarta-feira (30), poucos imaginavam que a Raposa sofreria para despachar o remendado Tricolor em jogo válido pelas quartas de final da Primeira Liga. Mas aconteceu.

Hoje em Dia


Apesar de ter em campo uma equipe alternativa, mas com Robinho (capitão), Arrascaeta e Rafael Sóbis entre os onze - e posteriormente acionando Sassá e Alisson -, o time celeste só conseguiu furar a defesa gremista aos 43 minutos da segunda etapa, quando o jovem Raniel, numa espécie de bicicleta, balançou as redes. Aos 48, o Arrascaeta deu números finais ao duelo: 2 a 0.
Sem o mesmo charme do confronto da semana passada, pelas semifinais da Copa do Brasil, o Mineirão recebeu pouco mais de 5 mil pagantes (7 mil presentes). No jogo passado, o Gigante teve mais de 55 mil pessoas, recorde da temporada. Este, inclusive, foi a partida 150 da Raposa no estádio, após a reforma.
Na próxima fase, o time celeste encara o Londrina, que venceu o Fluminense. O jogo será no domingo, no Estádio do Café, às 19h.

A matéria continua após à publicidade.