AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Copasa deixa muito a desejar no Centro-Oeste de Minas e recebe prêmio de melhor empresa de saneamento do país

29/08/2017
Conforme matéria publicada no portal Agência Minas na última sexta-feira (25), a Copasa recebeu em São Paulo o prêmio de melhor empresa de saneamento básico do País, concedido pelo jornal Valor Econômico.
No Bairro Vila das Roseiras também foi registrada a água suja chegando na torneira (Foto: Joana Machado/Arquivo Pessoal)  

Só que a realidade que tem sido mostrada na imprensa, não são das melhores, a  água tratada e distribuída pela Copasa, não apresenta uma boa qualidade para o consumo.

Conforme matéria divulgada pela TV integração e o Portal G1, moradores da cidade de Divinópolis vem enfrentando problemas com o mau cheiro e a coloração da água distribuída pela Copasa, em que a qualidade da água que é distribuída pela empresa, está comprometida e não é indicada para o consumo. Será que os consumidores vão pagar por um produto impróprio para o consumo!


Confira abaixo a reportagem do G1



Moradores denunciam água suja e com mau cheiro em Divinópolis


Problema vem se repetindo há dias e Prefeitura fez coleta para análise. Copasa diz que problema foi em decorrência de intervenções.

Moradores de Divinópolis denunciaram ao G1 a má qualidade da água que chega nas residências. Pelo menos três bairros em diferentes regiões apresentam o problema. A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) está coletando amostras que serão enviadas para análise. A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) se manifestou sobre a situação.

Moradora do bairro Quintino, na região Sudoeste de Divinópolis, Ana Paula Freitas denuncia que este mês, ela e os vizinhos notaram a água suja duas vezes e desde o fim de semana, o problema persiste. “Sábado (26) foi pior, pois além da água amarelada, ela estava com cheiro de esgoto. Nesta segunda-feira (28) no início da manhã, a água estava suja novamente ”, conta.

A moradora revela, ainda, que ligou na central da Copasa em Belho Horizonte, já que Divinópolis não possui uma central de atendimento. Ela foi informada que a demanda seria enviada para o município. “A Copasa está cansada de saber os problemas de Divinópolis e nunca faz nada. Temos um córrego aqui com mais de um ano que está com o cano do esgoto estourado, derramando tudo no local, mas a empresa não toma nenhuma providencia”, desabafou Ana Paula.

No Bairro Porto Velho, região central da cidade, a situação não é diferente. A moradora Maria do Carmo Ferreira reclama que a água também está chegando na casa dela e dos vizinhos com a cor amarelada. “A gente tem que conviver olhando o nosso rio morrer com tanto aguapé e poluição. Agora estamos recebendo uma água suja em nossas casas. Somos tratados apenas como cifras, se a gente deixar de pagar a conta, eles cortam, mas a Copasa não faz a parte dela”.


Na região Sudeste, Joana Machado Pereira, moradora do Bairro Vila das Roseiras, também relata problemas com a água. “Coloquei a roupa para lavar neste sábado (26) e quando vi a cor da água na máquina, tive que tirar tudo e jogar fora. Domingo ficamos sem água e nesta segunda a água veio suja novamente. Não tem condições de ficar assim. A água que eu tive que jogar fora, porque estava suja, com certeza vou ter que pagar. Alguém tem que tomar uma providência. A Copasa faz o que quer na cidade e ninguém faz nada”.

O G1 entrou em contato com a Copasa que em nota informou que a turbidez apresentada na água distribuída em alguns bairros de Divinópolis no último final de semana foi em decorrência das intervenções realizadas pela empresa na Estação de Tratamento de Água (ETA) Itapecerica. Os serviços já foram concluídos e o abastecimento da cidade está normalizado nesta segunda-feira (28).

A Companhia esclarece que caso ainda esteja ocorrendo algum problema pontual, o cliente deverá registrar a reclamação por meio do telefone 115 ou na Agência de Atendimento, para que seja avaliado caso a caso.

Com relação ao esgoto do bairro Quintino, a Copasa informa que a solução do esgotamento sanitário do bairro está condicionada à implantação do interceptor Padre Herculano e das obras do sistema de tratamento de esgoto na bacia do Itapecerica com previsão de conclusão em 2018.
Análise

Agentes da Semusa coletaram nesta segunda-feira (28) amostras da água da Copasa O objetivo é apurar as reclamações. O material será encaminhado para análise e, se comprovada alguma irregularidade, será lavrado um alto de infração.

Se o problema não for solucionado, a empresa poderá ser multada. A medida está prevista no Código Municipal de Saúde e também no Decreto 2.914, do Ministério da Saúde, que dispõe sobre a qualidade da água para consumo humano.
 

 
Leia também:
Copasa recebe prêmio de melhor empresa de saneamento do país 

Copasa é multada em mais de R$ 140 mil por jogar esgoto em ribeirão de Itapecerica
Copasa deixa muito a desejar no Centro-Oeste de Minas e recebe prêmio de melhor empresa de saneamento do país Reviewed by DestakNews Brasil on 13:31 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.