Um ataque de renome está prestes a entrar para a história do Atlético no que diz respeito a pontos corridos, mas de uma forma inesperadamente negativa. Com apenas 19 gols nesta Série A, o Galo 2017 pode ficar marcado como o de menos gols no turno do Brasileiro na Era dos Pontos Corridos. 
A chance de a marca negativa ser alcançada é grande. Afinal, o Galo só escapa dela se marcar pelo menos quatro gols no vice-líder Grêmio, domingo, em Porto Alegre, na última rodada do turno.
Diante do Corinthians, na última quarta-feira, os 45 mil torcedores alvinegros no Mineirão não puderam soltar o grito de “gol”. Mas chances não faltaram. Cazares e Robinho tiveram as suas, Rafael Moura, outras. Mas o momento ruim da equipe se vê na dificuldade de vencer o goleiro adversário.
Em jogos realizados como mandante, o Galo consagrou os goleiros Vanderlei (Santos) e Jean (Bahia), além de ter passado em branco contra Cássio (Corinthians).
O pé está tão fora da forma, que até mesmo três das quatro penalidades marcadas a favor do Atlético foram desperdiçadas. A única que balançou a rede foi cobrada por um jogador de defesa, o lateral-esquerdo Fábio Santos. 


A matéria continua após à publicidade.