AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

"Sobrevida" processual faz ex-goleiro Edinho continuar solto

04/07/2017

Ex-goleiro está condenado a 12 anos, dez meses e 15 dias de reclusão, por lavagem de dinheiro oriundo do tráfico de drogas

A Tribuna

Defesa de Edinho recorreu da sentença pela
terceira vez (Foto: Fernanda Luz/AT)

O advogado Eugênio Malavasi ofereceu nesta segunda-feira (3), pela terceira vez, embargos de declaração à 14ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) e conseguiu uma sobrevida processual ao ex-goleiro Edson Cholbi Nascimento, o Edinho.
Com os novos embargos, a sentença condenatória contra o ex-goleiro ainda não se tornou definitiva em segunda instância e ele continua solto por esse motivo.
Acusado de integrar a quadrilha de Ronaldo Duarte Barsotti de Freitas, o Naldinho, Edinho está condenado a 12 anos, dez meses e 15 dias de reclusão, por lavagem de dinheiro oriundo do tráfico de drogas.
A 1ª Vara Criminal de Praia Grande condenou o ex-goleiro a 33 anos e quatro meses reclusão. Malavasi apelou ao TJ-SP, sendo o recurso apreciado pela 14ª Câmara de Direito Criminal. O colegiado reduziu a pena para 12 anos, dez meses e 15 dias, determinando a prisão do réu.
O advogado, então, impetrou habeas corpus ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), que determinou que o acusado aguarde solto o esgotamento de todos os recursos em segunda instância.

A matéria continua após à publicidade. 


Malavasi alegou no habeas corpus que caberia o oferecimento de embargos de declaração perante o TJ-SP. Eles foram rejeitados por unanimidade, sendo oferecidos novos embargos, também rechaçados de forma unânime.
Agora, pela terceira oportunidade, a defesa recorre ao mesmo expediente. Esse tipo de embargos objetiva esclarecer eventuais contradição, omissão ou obscuridade da decisão judicial, no caso, o acórdão da 14ª Câmara Criminal, que manteve a condenação de Edinho, mas diminuiu a pena.

 

"Sobrevida" processual faz ex-goleiro Edinho continuar solto Reviewed by DestakNews Brasil on 12:13 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.