AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Sintram e Prefeitura de Itapecerica discutem anúncio de greve de grupo de educadores

28/07/2017
O Sintram representado pela presidente, Luciana Santos, pelo secretário Geral, Marcos Alves, e pelo dirigente sindical, João Madeira, esteve nesta quinta-feira (27) na Prefeitura de Itapecerica para reunião com o prefeito Wirley Reis (Têko) e a secretária de Educação, Jianete Aparecida Gondin. 
 (Foto: Sintram/Divulgação)

O objetivo do encontro foi discutir o anúncio de greve de um grupo de educadores, que foi feito sem o conhecimento do Sintram, que é o legítimo representante dos servidores públicos municipais de Itapecerica, ou seja, que responde juridicamente quando uma greve é deflagrada pelo funcionalismo.


A presidente do Sintram, Luciana Santos, explicou que foi surpreendida pelo anúncio, uma vez que o sindicato está em negociação da Campanha Salarial 2017, ou seja, não se esgotou a negociação coletiva, que caso fosse frustrada poderia ensejar em uma greve por deliberação da categoria em assembleia, conforme prevê as normas vigentes. “A greve quando deflagrada tem os devidos trâmites legais. Como representante do sindicato não tivemos qualquer conhecimento e ao procurarmos uma educadora, que está à frente do grupo, ela afirmou que irá manter o movimento. Estamos em negociação com a administração, dando seguimento à pauta da campanha salarial retirada em assembleia com a categoria”, explicou.


Para esclarecer devidamente os educadores, evitando cortes em salários e outros prejuízos aos profissionais, que vierem a aderir ao movimento, será realizada na próxima segunda-feira, às 17h30, na Câmara Municipal, reunião do sindicato. “Vamos convocar essa reunião para prestar esclarecimentos a esses profissionais sobre a legalidade de um movimento grevista. O prefeito está em negociação, inclusive já foi acertada a revisão do PCCS, sendo que o sindicato irá acompanhar esse processo junto com a Comissão de Servidores”, explicou.

A presidente também deixou claro que o Sintram jamais seria contra qualquer movimento grevista que busque garantir direitos dos servidores municipais. “Todo movimento grevista exige o cumprimento de trâmites legais, para evitar punições à categoria. Isso é regra legal e obrigatória para que seja deflagrada uma paralisação. Um movimento grevista só tem legitimidade se for decidido em assembleia e somente o sindicato tem essa legitimidade. Por isso estamos trabalhando para resolver essa situação sem que haja nenhum prejuízo para a categoria”, salientou.

Prefeitura


Na reunião, o prefeito ressaltou que pretende melhorar o salário dos educadores , que está defasado há 17 anos. “Estamos dialogando com o Sintram e vamos tentar fazer o melhor para os professores. É um compromisso meu de governo: melhorar o salário dos professores. Vamos negociar com o sindicato para fazer um plano de carreira discutido pela equipe do Sintram, professores e com nossa comunidade para tentarmos melhorar, o que é o ponto de discussão dessa greve”, disse.


Aulas

O prefeito ressaltou que as aulas irão ocorrer normalmente no próximo dia 1º. “Na verdade essa greve anunciada pela rede municipal esta totalmente ilegal, a nossa negociação com o Sintram está em andamento para melhorar o salário de toda a categoria e também a qualidade dos serviços naquilo que a gente possa fazer pelo funcionalismo (...) As aulas vão ocorrer normalmente com infraestrutura montada pela Secretaria de Educação para atender todos os alunos, os pais podem mandar suas crianças para escola”, disse.


PCCS

A secretária de Educação, Jianete Gondim, explicou que já está em andamento os trâmites para adequação do plano de carreira. “Fizemos adesão junto ao Ministério da Educação para poder fazer essa adequação do plano de carreira . Tivemos uma capacitação com técnicos do Ministério, que nos passou todas as orientações para início de todo esse processo. Fizemos o decreto onde consta a Comissão que irá fazer parte dessa discussão”, explicou.


A matéria continua após à publicidade.


A presidente do Sintram, Luciana Santos, reforçou a importância da participação dos educadores para evitar prejuízos como por exemplo cortes nos dias parados. “Vamos convocar esses servidores para que tenham conhecimento dessa situação. Esperamos que todos participam em um diálogo produtivo e construtivo para a categoria”, finalizou.
Sintram e Prefeitura de Itapecerica discutem anúncio de greve de grupo de educadores Reviewed by DestakNews Brasil on 19:48 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.