O Atlético-MG ganhou de 2 a 1 do Atlético-GO, de virada, na tarde deste domingo (16), em Goiania, conseguindo fôlego em sua campanha irregular no campeonato Brasileiro e mantendo a fama de visitante indigesto. 
O Galo teve posturas distintas nos dois tempos do jogo, tendo feito uma primeira etapa fraca e aumentado a intensidade de jogo após o intervalo.
O time começou o jogo sem Robinho. No seu lugar, Roger Machado, escalou Marlone ao lado de Cazares. Em outra mudança, Marcos Rocha também ficou no banco, tendo Alex Silva atuado na lateral direita durante toda a partida.
Durante o primeiro tempo, o Atlético-MG chegou pouco ao ataque. A a única chance clara foi um chute fraco de Marlone, com a bola passando ao lado do gol, após cobrança de lateral feita por Alex Silva. Em comparação, o Atlético-GO chutou ao gol sete vezes a gol na primeira etapa.

A matéria continua após à publicidade.