AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Fernando Pimentel visita Abaeté e ressalta que modelo de governo adotado em Minas Gerais deve ser exemplo para todo o Brasil

20/07/2017

Segundo o governador, que participou do Fórum Regional no Território Central, mesmo com as dificuldades financeiras é possível melhorar a vida das pessoas ao ouvir de perto suas demandas

Agência Minas

O governador Fernando Pimentel participou nesta quinta-feira (20/7) em Abaeté, Território Central, de reunião da nova fase do Fórum Regional de Governo – Por todo o Estado, com todos os mineiros. Durante o evento, que reforça a política de regionalização implantada pela atual gestão e reuniu representantes dos 17 municípios que integram o Território Central, o governador afirmou que o que falta hoje ao Brasil é um governo que atue ouvindo as pessoas, como Minas Gerais tem feito.
“É esse exemplo de Minas Gerais que está faltando ao Brasil. Esse modelo que a gente trouxe agora na nossa gestão, de governar o estado ouvindo as pessoas, chegando perto das pessoas, estando presente. Se não for assim, você não consegue governar, porque o estado é muito grande e muito diversificado. É por isso que todo mundo diz que Minas é a síntese do Brasil, porque tudo que tem no Brasil tem um pouquinho aqui dentro. É uma lógica diferente que a gente está trazendo para Minas Gerais e que está dando certo, ainda que com muita dificuldade, com um déficit orçamentário gigantesco. Nós estamos dando um exemplo para o Brasil com muita humildade, exemplo de trabalho e serenidade, construindo soluções de forma conjunta”, ressaltou.

A matéria continua após à publicidade.

Fernando Pimentel fez questão de citar exemplos de como Minas Gerais tem conseguido crescer e se desenvolver, mesmo com dificuldades financeiras. “Peguei um dado hoje do Ministério do Trabalho, o Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (Caged), que mostra que o Brasil criou nos primeiros seis meses apenas 67 mil vagas de trabalho com carteira assinada. É pouquíssimo para um país do tamanho do Brasil. E sabem quantas dessas 67 mil vagas foram criadas em Minas Gerais? Sessenta e cinco mil - ou seja, quase tudo. É o mineiro e a mineira mostrando aquilo que sabem fazer melhor: trabalhar. Minas está enfrentando a crise não é com lamúria, reclamação e choradeira pelos cantos. É trabalhando. É assim que nós vamos vencendo. Isso não é mérito de governo, é o caráter, é a personalidade, é a nossa mineiridade”, completou.
Durante a realização do Fórum Regional de Governo, o governador recebeu o título de Cidadão Honorário de Abaeté. Ele agradeceu o carinho da população. “Nas cidades do interior, a cidade é quase uma extensão da casa das pessoas. As pessoas tratam a cidade como tratam as suas casas, são muito hospitaleiras. Quando a gente ganha um título desse, é como se aquelas pessoas da cidade estivessem convidando a gente para dentro da casa delas. Então, em Abaeté, eu já sou de casa.  Aqui, mais do que nunca, a gente sente a força desse sentimento de ser mineiro, de ter orgulho de ser mineiro, é isso que nos une para além de qualquer crise, de qualquer dificuldade”, afirmou.
Fernando Pimentel também assinou despacho determinando que a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas adote providências para a construção de uma ponte sobre o Córrego Tabocas, obra que melhorará o tráfego no município e região. A ação também beneficiará o transporte escolar e o escoamento da produção agropecuária.
Lei Kandir e apoio aos Fóruns
Durante o evento, as lideranças políticas destacaram a necessidade de o Estado receber os R$ 135 bilhões a que tem direito devido às perdas oriundas da Lei Kandir. Os participantes ainda salientaram a importância do mecanismo dos Fóruns Regionais para um melhor atendimento das demandas da população.
O secretário de Estado Extraordinário de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais, Wadson Ribeiro, lembrou o processo de realização dos fóruns no Estado. “O governador faz com que mais de uma dezena de secretários e autoridades do governo estejam aqui, como uma demonstração de que podemos ter nesse instrumento dos fóruns uma ferramenta importante. Em 2015, herdamos um estado com grande déficit. Encaramos, nesse período, uma das maiores crises financeiras no mundo, mas, mesmo diante disso, estamos aqui com o governo debatendo, trazendo o que foi levantado em 2015 e entregando politicas concretas para a população”, disse.
O prefeito de Abaeté, Armando Greco, declarou apoio ao governador na luta pelo recebimento de recursos da Lei Kandir. “Abaeté está em festa hoje. Os fóruns comprovam que esse é um governo que entende que a raiz para a solução dos problemas está nos municípios. Temos recebido do Palácio da Liberdade toda a atenção necessária. E estamos ao lado do governador na luta para recuperar as perdas com a Lei Kandir”, disse.
Já o 3º vice-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Inácio Franco, salientou a importância desses recursos no auxílio aos municípios mineiros. “O fórum é o governo estar perto da população. Abaeté hoje se transforma na capital de Minas Gerais. Temos esperança na solução da questão da Lei Kandir para transferir parte dos recursos aos municípios mineiros”, disse.
A mesma posição foi destacada pelo 1º secretário da Assembleia mineira, deputado Rogério Correia. “Somos eleitos para resolver problemas. Quero parabenizar o senhor governador pela firmeza em defender os serviços públicos em Minas Gerais. E ressalto que temos que resolver a questão da Lei Kandir”, completou.
Representando a sociedade civil do Colegiado Executivo do Microterritório Central Oeste, Uriel Mortimer ressaltou os avanços do Estado. “As dificuldades existem, mas mesmo com essas intempéries o avanço de Minas Gerais é visível. O Governo do Estado está empenhado em levar cidadania à nossa gente”, disse.
Entregas
Entre outras ações que melhoram a vida dos mineiros e das mineiras dos 17 municípios do Território Central, e atendendo demandas surgidas nas reuniões dos Fóruns Regionais de Governo nos dois primeiros anos da atual administração, foram reformadas ou ampliadas 14 escolas da região.
Até maio último, foram entregues a municípios do Território 26 ônibus para transporte escolar. São 50 escolas com acesso à internet e 33 que receberam kit informática. Para a alimentação escolar foram cerca de R$ 2 milhões e, para manutenção do transporte escolar, outros R$ 8,74 milhões, até o mês passado.
Para a ampliação do atendimento à saúde, foram entregues 14 ambulâncias e 12 veículos para uso diverso. Para a melhoria dos serviços de segurança pública, foram destinadas 24 viaturas para a Polícia Militar, duas para o Corpo de Bombeiros Militar e três para a Polícia Civil.
Na área de infraestrutura foram feitas 650 ligações elétricas rurais, além de investimentos da ordem R$ 36,5 milhões, na melhoria e expansão da rede de distribuição de eletricidade. Com investimentos da ordem de R$ 79,5 milhões, foram entregues, em abril último, as obras de pavimentação da LMG-754, entre Curvelo e Cordisburgo.
Para o fomento à comercialização de produtos agrícolas, foram destinados à região dois caminhões isotérmicos, para o transporte adequado de alimentos e dois kits feira.
Buscando o incremento da atividade econômica no Território Central, o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) destinou recursos da ordem de R$ 14,61 milhões para empresas de diversos portes e produtores rurais, beneficiando a indústria de transformação, comércio e serviços, entre outros, em 14 municípios.

Fazendo história
Estão programados eventos para cada um dos 17 Territórios de Desenvolvimento, envolvendo todos os órgãos do governo, que apresentam e disponibilizam serviços aos gestores públicos e à população, além de mostrar suas ações e resultados.
Participam do encontro secretários de Estado, que têm agendas paralelas às dos Fóruns Regionais, com os colegiados executivos, parlamentares, prefeitos, vereadores e representantes de mais de 40 órgãos estaduais.  Nesta nova rodada, além de Abaeté, já foram realizados encontros em Ituiutaba, Território Triângulo Norte (4/5), Montes Claros, Território Norte (1/6), Juiz de Fora, Território Mata (8/6), Manhuaçu, Território Caparaó (29/6) e João Pinheiro, Território Noroeste (6/7).
Os Fóruns Regionais de Governo foram criados há quase dois anos por meio de decreto do governador Fernando Pimentel. A iniciativa, inédita em Minas Gerais, é um dos pilares da administração estadual e tem o objetivo de incluir a população no processo de planejamento das ações governamentais, monitoramento e avaliação de políticas públicas de forma regionalizada.
A divisão territorial do Estado proporcionou, nesse período, a realização de mais de 1.400 reuniões em mais de 600 municípios, com a participação de milhares de pessoas. Os primeiros encontros serviram para fazer um diagnóstico dos territórios a partir de levantamento dos problemas e necessidades apontados pela sociedade civil, prefeitos, vereadores e representantes de órgãos do Governo Federal com atuação regional.
As informações coletadas junto à população serviram para orientar a elaboração de documentos estratégicos do Estado: o Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG), que reúne os projetos e atividades que o executivo pretende implantar em quatro anos; o Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI), que detalha o planejamento estadual até 2027; e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).
Presenças
Em Abaeté, também participaram os secretários de Estado Odair Cunha (Governo), Epaminondas Pires de Miranda (Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas), Rosilene Rocha (Trabalho e Desenvolvimento Social), Ricardo Faria (Turismo), Pedro Leitão (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Carlos Murta (Cidades e Integração Regional), Arnaldo Gontijo (Esportes), Murilo Valadares (Transportes e Obras Públicas), Angelo Oswaldo (Cultura), Macaé Evaristo (Educação), Sérgio Menezes (Segurança Pública) e Professor Neivaldo (Desenvolvimento Agrário), além dos presidentes  da Cohab, Alessandro Marques, da Copasa, Sinara Meirelles, e do Indi, Cristiane Serpa, do comandante geral da Polícia Militar, coronel Helbert Figueiró, do chefe do Gabinete Militar do Governador, coronel Fernando Arantes; do comandante do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, coronel Cláudio Roberto de Souza, e do chefe da Polícia Civil do Estado, João Octacílio Neto.
Ainda compareceram, os deputados federais Marcelo Álvaro Antônio e Domingos Sávio, os deputados estaduais Fábio Avelar, Gustavo Santana e Thiago Ulysses, além de prefeitos, vereadores e lideranças políticas e sociais da região.

 

 

Fernando Pimentel visita Abaeté e ressalta que modelo de governo adotado em Minas Gerais deve ser exemplo para todo o Brasil Reviewed by DestakNews Brasil on 19:16 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.