AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Ex-presidente da Caixa diz que Cunha pressionou por liberação de verba

26/07/2017

Jorge Hereda afirma à Justiça que deputado cassado fez chantagem caso interesses não fossem atendidos

Agência Estado

'Meu silêncio não está à venda', diz Cunha, em depoimento à PF

O ex-presidente da Caixa Econômica Federal Jorge Hereda disse nesta quarta-feira, 26, em depoimento à Justiça Federal, ter sido pressionado pelo ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) por não acelerar investimentos do banco em determinadas empresas.
Hereda afirmou que, em reunião com Cunha na Câmara, em 2014, o então deputado avisou que o convocaria a depor na CPI da Petrobras se projetos de seu interesse não recebessem financiamento com celeridade, antes dos referentes à estatal.
"O senhor Eduardo Cunha reclamava do andamento dos projetos. Mas que a gente andava muito rápido com a Petrobras. E disse que, se a gente aprovasse os da Petrobras antes dos outros, ele iria me convocar para a CPI da Petrobras. Eu disse que não era presidente da Petrobras, era presidente da Caixa", declarou.

A matéria continua após à publicidade.

Hereda depôs como testemunha em ação penal que apura suposto esquema de cobrança de propina de empresas, em troca da liberação de aportes do banco. Cunha e o também ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), ambos atualmente presos, estão entre os réus.
Hereda não especificou em nome de quais empresas Cunha teria falado. Contou que o convite para a reunião partiu de Alves, que também estava presente à reunião.
A convocação, segundo Hereda, não ocorreu, mas foram feitos requerimentos. "Não fui, mas se o senhor procurar lá pode ser que o senhor encontre os pedidos de convocação."
O depoimento foi feito por videoconferência à 10ª Vara em Brasília, na qual tramita a ação.
 
Ex-presidente da Caixa diz que Cunha pressionou por liberação de verba Reviewed by DestakNews Brasil on 19:54 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.