Alívio, palavra que explica muito a partida entre Cruzeiro e Palmeiras pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo, no Mineirão. A vitória por 3 a 1 da Raposa diante do Alviverde Paulista traz a Mano Menezes e seus comandados um momento de paz extremamente importante neste momento, pois quebra uma sequência negativa dos mineiros na temporada. Os gols celestes foram marcados por Thiago Neves, Hudson e Élber. Willian "Bigode" descontou para o visitante. 
Nos últimos dez jogos antes do confronto deste domingo a Raposa havia vencido apenas duas partidas. Além de quebrar essa escrita ruim, com a vitória o Cruzeiro impediu que o Palmeiras chegasse ao quinto jogo seguido com vitória. Antes do confronto entre os Palestras em Belo Horizonte, os paulistas haviam vencido o Bahia, Atlético-GO, Ponte Preta e Grêmio na últimas rodadas. 
A vitória deixou o Cruzeiro de forma provisória no G6 do Brasileirão. Para se manter no grupo que garante vaga à Libertadores, a Raposa torce por combinação de resultados nas partidas entre Botafogo e Atlético; Coritiba e Sport. 
O próximo compromisso do Cruzeiro está marcado para esta quarta-feira (9) contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada, às 21h45. O Palmeiras tem ninguém menos do que o líder Corinthians, no mesmo dia e horário, no Allianz Parque. 
Para a partida contra o Furacão o técnico Mano Menezes tem problemas. Hudson, que deixou o campo reclamando de dores musculares, é dúvida. Ariel Cabral levou o terceiro cartão amarelo e é desfalque certo. 

A matéria continua após à publicidade.