Normalmente são os avós que enchem os netos de paparicos. 

Portal EBC
Se no dia-a-dia esquecemos de retribuir todo o carinho e cuidado que recebemos deles, o Dia dos Avós é uma ótima oportunidade para equilibrar a balança. Confira dicas de como parabenizá-los neste 26 de julho e aproveite para passar o dia agarradinho com o vovô e a vovó.  

- Dia no Museu do Brinquedo

No dia deles, avós acompanhados dos netos não pagarão entrada. A programação do dia conta com Ateliê de Arte, das 10h às 16h, em que crianças e adultos podem usar e abusar do seu talento artístico, pintando a partir da observação de imagens propostas pelo museu. Após a oficina, às 16h, começa a grande atração do Museu dos Brinquedos: o Espetáculo Brincante com Adê Melo. O Museu fica na avenida Afonso Pena, 2564 - bairro Funcionários, em Belo Horizonte. 


- Faça um belo cartão

Os avós são da época em que a comunicação era feita por cartas. Sem e-mail, e alguns até sem telefone, tinham o costume de escrever a punho seus recados, cartas e mensagens de amor. No dia deles, preparar um cartão, ou carta à moda antiga, vai deixá-los muito felizes. A ideia é escrever tudo aquilo que sente por eles.


- Prepare o lanche

Na casa dos avós sempre tem uma comidinha especial, não é mesmo? Seja preparada por eles, ou por algum ajudante, a mesa nunca está vazia. No dia deles, a dica é colocar o avental e fazer uma guloseima a várias mãos. Se no preparo da comida vocês dividirão as tarefas, na hora de preparar a mesa assuma o trabalho sozinho. Você pode enfeitá-la como quiser, usando toda a sua criatividade. E, em cima do prato, pode colocar o cartão que você confeccionou.


- Converse, ouça, se interesse

Existem alguns avós bem animados, que topam participar de todas as brincadeiras propostas para os netos. Mas muitos deles preferem um programinha mais calmo, que não envolva movimentos demais. Nesse caso, o programa preferido deles é conversar. Sente em frente ou ao lado dos seus avós e peça para eles contarem histórias de quando seu pai ou mãe eram pequenos. Pergunte como ele (a) era como irmão, se tirava boas notas, era difícil para comer... Pergunte, também, sobre a juventude dos seus avós, e sobre como as coisas eram diferentes no tempo deles.


- Façam uma árvore genealógica

Outra forma de conhecer a história da sua família é entendendo quem faz parte dela. A árvore genealógica é uma ótima forma de conciliar brincadeira com aprendizado. Você pode desenhar uma grande árvore e ir acrescentando folhinhas com os nomes dos parentes. Enquanto você vai fazendo isso, os vovôs podem ir contando casos sobre cada um deles.


- Aprendam juntos

Seus avós já viveram muita coisa e aprenderam um bocado ao longo dos anos, certo? Com tanta experiência, é de se imaginar que eles saibam tudo. Mas não se engane, sempre é tempo de aprender. Descubra algo que eles não saibam e pesquise sobre junto com eles. Podem ser curiosidades sobre o sistema solar, sobre animais, tecnologia ou, até mesmo, como se falam algumas palavras em outras línguas.    

Por que se comemora o Dia dos Avós em 26 de julho?
A origem da data comemorativa do Dia dos Avós tem a ver com o cristianismo. É que esse é o dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo. Depois de muitas alterações na festa de São Joaquim, o Papa Paulo VI associou num único dia, 26 de julho, a celebração dos pais de Nossa Senhora.


Publicidade