AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

União Europeia multa Google em € 2,4 bilhões por monopólio em compras online

27/06/2017
União Europeia impôs multa recorde ao buscador por abusar de sua posição dominante ao favorecer sua ferramenta de compras online, o Google Shopping

O Estado de S.Paulo


Multa divulgada pela UE é valor recorde entre sanções relacionadas a abuso de posição dominante

O órgão de defesa da concorrência da União Europeia impôs uma multa recorde de € 2,42 bilhões ao Google em decisão divulgada na manhã desta terça-feira, 27. Conforme a UE, o grupo multinacional sofre a sanção por abusar de sua posição dominante em buscas na internet para favorecer seu próprio comparador de preços para compras online, o Google Shopping.
"O que o Google tem feito é ilegal sob as normas antimonopólio da União Europeia. Ele nega a outras empresas a oportunidade de competir com seus méritos e inovação", disse a comissária europeia da Competência, Margrethe Vestager, em coletiva de imprensa na sede da UE, em Bruxelas.
Até então, a maior multa aplicada pelo bloco econômico por 'abuso de posição dominante' era de € 1,06 bilhão, imposta em 2009 à fabricante de computadores Intel.
A agência de notícias Reuters havia antecipado nessa segunda-feira, 26, a expectativa de que a sentença de uma multa recorde ao Google fosse divulgada hoje pela UE. A receita anual do grupo é estimada em € 67,5 bilhões (U$ 76 bilhões) e a multa poderia chegar até 10% desse valor. A investigação sobre favorecimento durou sete anos e foi desencadeada por uma série de queixas de concorrentes.
Em uma postagem em seu blog oficial nesta terça-feira, o Google afirmou que não concorda com a decisão e que está avaliando se entrará com um recurso. "Acreditamos que a decisão da União Europeia sobre nossa ferramenta de compras online subestima o valor dessas conexões fáceis e rápidas", disse Kent Walker, vice-presidente sênior e conselheiro do Google, no blog oficial. "Enquanto alguns sites de comparação de preços naturalmente querem que o Google os mostre de forma mais proeminente, nossos dados mostram que as pessoas prefere links que levem elas diretamente aos produtos que elas querem, não para sites onde elas terão de repetir a busca."
Além de pagar a multa, o Google recebeu um prazo de 90 dias para mudar suas práticas na região, o que deve impôr à empresa uma mudança em seu algoritmo de busca. Caso a empresa não modifique suas práticas no prazo, novas multas podem ser anunciadas pela União Europeia.
Novos capítulos. A contrário do que era previsto, a multa anunciada por Margrethe Vestager, chefe do órgão de defesa da concorrência da União Europeia, não compreende dois outros processos por monopólio que o Google enfrenta na Europa.
Além do processo sobre compras online, que teve a decisão anunciada hoje, o Google enfrenta desde 2010 uma investigação sobre como o sistema operacional Android pode ter dificultado a concorrência no ambiente digital, já que vem com diversos aplicativos da mesma marca pré-instalados. Isso levou ao inicio de um processo contra a companhia no ano passado.
A terceira investigação sobre o Google, relacionada a como as ferramentas de publicidade da empresa podem ter restringido a escolha dos consumidores, resultou em outro processo em julho de 2016.
Esses dois outros processos também podem levar o Google a enfrentar multas na região no futuro, caso a empresa não mude suas práticas.
Com AFP e Reuters
União Europeia multa Google em € 2,4 bilhões por monopólio em compras online Reviewed by DestakNews Brasil on 14:56 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.