AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Polícia Civil de Minas Gerais promove reencontro de irmãs separadas há 46 anos

23/06/2017
A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) promoveu, nesta quinta-feira (22), o encontro de quatro irmãs que ficaram separadas por 46 anos.

Divulgação PCMG
Irmãs se reencontram
 

Maria de Lourdes Fernandes (68) morava com os pais e os irmãos em Mantena/MG, e, aos 22 anos deixou sua casa, na companhia do namorado, com quem se casou e teve três filhas. Após isto, não teve mais contato com seus pais e irmãos, e, nessa jornada, mudaram várias vezes de estado e até de país. Viveram em São Paulo, no Paraná e no Paraguai. Atualmente, moram no Mato Grosso do Sul, no município de Mundo Novo.

O restante da família continuou residindo em Minas Gerais e mantém contato constante apesar de parte da família ter mudado para Belo Horizonte. A irmã caçula, Leir Rita Lopes, de 60 anos, nunca se esqueceu de Maria de Lourdes. “Todo aniversário eu lembrava, em um ano fiz até um bolo.”, afirmou.

Em maio deste ano, o porteiro Oziel Lopes, filho de Leir Lopes, soube do serviço de reencontro de família, prestado pela PCMG, e estimulou a mãe para que tentasse rever sua irmã. Ela aceitou a sugestão e preencheu os papéis para o reencontro. Em menos de duas semanas, a Polícia Civil localizou Maria de Lourdes no Mato Grosso do Sul.

O reencontro ocorreu na Divisão de Referência da Pessoa Desaparecida, com a presença das quatro irmãs. Francisca Rita Fernandes, 64, Deuza Rita Fernandes, 62, Lenir Lopes e Maria de Loudes foram tomadas pela emoção. Para complementar e dar continuidade ao reencontro, Leir organizou um almoço especial em sua casa para receber a irmã. Para aumentar a alegria do esperado reencontro, as irmãs trouxeram seus respectivos filhos, seis ao todo, ampliando o encontro também para os primos, que não se conheciam.

Com a aproximação do aniversário da Maria de Lourdes, em 4 de julho, Leir já está animada e planejando a comemoração. “Já vou preparar um bolo para ela. Dessa vez vamos passar juntas e colocar o papo em dia.”, comemora. Também emocionada, Maria de Lourdes contou às irmãs sua trajetória após a saída de casa e agradeceu pelo reencontro. “Só clamava a Deus para que meus irmãos estivessem vivos e agora estamos aqui”, desabafou.


Segundo a delegada Maria Alice Faria, chefe da Divisão de Referência da Pessoa Desaparecida (DRPD), essa não é a atribuição primária da Divisão. “Fazemos esse trabalho com fim de auxiliar a sociedade nesses reencontros familiares. Assim que tivemos informações do paradeiro da Maria de Lourdes fizemos contato com o serviço social de Mundo Novo e conseguimos trazê-la do Mato Grosso do Sul”, relatou.

De acordo com a delegada, estas situações diferem das relativas aos desaparecimentos, e, ao mesmo tempo não esconde a emoção por ter auxiliado o reencontro. “Estas irmãs ficaram anos sem terem contato com a Maria de Lourdes por mudanças nos caminhos de suas vidas. Elas ficaram anos sem terem qualquer tipo de contato e seus filhos nem se conheciam. Agora estão todos aqui. É uma satisfação e uma alegria muito grande prestarmos esse serviço.”, disse emocionada.
Polícia Civil de Minas Gerais promove reencontro de irmãs separadas há 46 anos Reviewed by DestakNews Brasil on 16:25 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.