AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Genérico continua sem imposto nesta sexta em Belo Horizonte

02/06/2017

Drogaria Araujo vende com desconto pelo segundo dia

O Tempo

Noite na fila. Motoristas de 115 automóveis e 95 motocicletas puderam abastecer pagando menos
 
Consumidores belo-horizontinos aproveitaram essa quinta-feira (1°) a 11ª edição do Dia da Liberdade de Impostos para comprar vários produtos mais baratos, sem os tributos que incidem sobre eles. Cerca de 700 lojas venderam desde alimentos, como pão, chocolate e sanduíche, a itens de papelaria, ótica, vestuário, pet shop, medicamentos genéricos e aluguel de carros. Ao todo, foram 270 mil produtos. Como nos anos anteriores, o maior movimento foi no posto Pica Pau, que vendeu o litro de gasolina sem impostos por 2,116 (o preço normal é R$ 3,635). A fila chegou a 2 km de extensão.
Quem perdeu a chance ainda tem nesta sexta-feira (2) a oportunidade de comprar remédios genéricos sem imposto nas 170 lojas da Drogaria Araujo em Belo Horizonte e região. São cerca de 1.200 medicamentos com desconto de 30,5% – o equivalente à carga tributária calculada pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), bem acima do praticado em outros países, que é de 7%, de acordo com a Associação Brasileira das Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma).
Segundo o diretor financeiro da Abrafarma, Modesto Araújo Neto, a Araujo entrou na campanha para mostrar a importância da redução de impostos para que os mineiros tenham mais acesso aos medicamentos de que necessitam. “Queremos mostrar que imposto não é brincadeira, e que a atual carga tributária dificulta o acesso a itens indispensáveis”, ressaltou.
A técnica em podologia clínica Neidir Vieira de Souza, 53, esteve numa das farmácias e abasteceu o estoque da casa. “Estou levando 23 caixas de genéricos. São medicamentos para colesterol, tireoide e arritmia. O total da minha compra foi R$ 118. Se tivesse comprado todos esses remédios fora da promoção, sairia por R$ 278”, contou.
Para Bruno Falci, presidente da CDL-BH, o peso dos impostos limita o orçamento do cidadão e trava os negócios. “Por isso, temos que lutar juntos por um sistema tributário mais simples e menos oneroso, que seja sinônimo de desenvolvimento”, disse.
O empresário da loja Dog’s Shop, Matheus Ferraz, participou pela terceira vez do Dia da Liberdade de Impostos, com mais de 2.000 artigos. “É uma forma de o consumidor entender que os altos preços são, em sua maioria, decorrentes da alta tributação, e não por precificação do lojista ou da indústria”, afirma.
As 19 lojas da ótica Centro Visão venderam óculos e lentes mais baratos. “Além do que já pagamos no Imposto de Renda, no IPTU e no IPVA, por exemplo, todos os produtos que compramos diariamente também têm imposto. E o maior problema é não ver o retorno dessa arrecadação em melhorias na educação, saúde e segurança”, disse o proprietário Davidson Cardoso, que participou com toda a linha de óculos solares, para correção e lentes oftálmicas em suas 19 lojas na capital mineira. Cardoso acredita que o DLI é o momento de toda a população se conscientizar sobre o quanto de impostos pagamos no dia a dia.
Transparência
Esclarecedor. “Às vezes o cliente acha nosso produto caro, mas não sabe que por trás do preço tem imposto”, disse o sócio da loja de materiais de construção Casa Falci, Lucas Valadares Falci.

 

Genérico continua sem imposto nesta sexta em Belo Horizonte Reviewed by DestakNews Brasil on 14:43 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.