AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

PCMG indicia prefeito de Coronel Fabriciano por lesão corporal grave

10/05/2017
A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu, no último dia 5, as investigações do acidente de trânsito envolvendo o atual prefeito de Coronel Fabriciano, Marcos Vinicius da Silva Bizarro. 


Divulgação
 
As vítimas foram dois jovens atingidos por um veículo conduzido pelo candidato à época. O crime ocorreu na madrugada do dia 24 de setembro de 2016.

As investigações apontaram que os jovens Breno Machado Sarmento Viera Gherardi e Rafael Felipe de Almeida Clemente, após panfletarem material contra a candidatura de Marcos, foram atingidos por um Honda/CRV conduzido pelo então candidato.

A versão anterior de que o acidente foi involuntário e que o veículo estava sendo conduzido por Geraldo Majela de Figueiredo, assessor de Marcos, foi desmentida no inquérito policial. Pelas provas colhidas, o atual prefeito teve a real intenção de atingir dolosamente a integridade física dos motociclistas. 
No final do procedimento policial, o atual prefeito foi indiciado pelo crime de lesão corporal grave, o assessor dele por constrangimento ilegal e auto-acusação falsa. O assessor, além de ter se auto acusado falsamente, intimidou testemunhas e agrediu uma das vítimas para que os jovens dissessem quem havia lhes contratado. Ainda no inquérito, José da Mata Sanches foi indiciado por falso testemunho, já que não presenciou os fatos e se omitiu em dizer a verdade. 

Os jovens atropelados e o mandante da divulgação, Reygler Max Cunha Santos, foram indiciados por difamação e injúria eleitoral. Um dos jovens também poderá responder por calúnia, já que imputou falsamente ao atual prefeito.

O inquérito policial foi remetido à comarca de Coronel Fabriciano para prosseguimento.
PCMG indicia prefeito de Coronel Fabriciano por lesão corporal grave Reviewed by DestakNews Brasil on 09:58 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.