Militares do Exército realizam em todo o Brasil uma operação de combate a comercialização ilegal de armas e munição. A ação quer fiscalizar o comércio, tráfego e utilização de armas de fogo, munição e insumos.

Hoje em Dia


Em Minas, a operação atinge todas as regiões. Nessa terça-feira (30), mais de 22 estabelecimentos comerciais especializados em venda e compra de armamento foram vistoriados em 16 municípios mineiros.
O chefe de comunicação social da 4ª Região do Exército Brasileiro, coronel Marcus Messeder, explica que a operação previne o uso de armamento contrabandeado. “Através dessas ações conseguimos identificar se há armamento sem registro sendo comercializada de forma ilegal”.
Irregularidade
Uma empresa foi autuada em Unaí, no Vale do Jequitinhonha. Segundo a corporação, o estabelecimento vendeu munição a um policial militar da reserva sem autorização da organização militar de vinculação.
A operação de fiscalização vai até a próxima sexta-feira (2).