Um bom público foi ao Independência acompanhar o Atlético em ótima fase. 

Hoje em Dia

Mas se decepcionaram pela apresentação do Galo diante do Fluminense, pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro. No estádio mais temido pelos visitantes, o tricolor carioca se deu bem, jogou com inteligência e venceu por 2 a 1.
Henrique Dourado foi o destaque da partida, com um gol e uma assistência. O Atlético, empurrado pela Massa, não conseguiu mais do que um gol de desconto, com Gabriel. Perdeu chance de empatar no segundo tempo e ainda não conseguiu vencer no torneio. 
PRIMEIRO TEMPO
O Atlético tomava a posse de bola e tentava atacar pelas laterais, principalmente com a ultrapassagem de Fabio Santos e Marcos Rocha. Outra válvula de escape era bola em Cazares, que conseguia iluminar o jogo. Mas o Galo não fez Diego Cavalieri trabalhar forte.

Na verdade, quem sujou mais o uniforme foi a defesa alvinegra. Depois de o jogo se arrastar com muitas faltas marcadas pelo árbitro e erros de passe em sequência, o Flu se agigantou com Henrique Dourado. No corpo e na visão de jogo, o artilheiro tricolor foi o destaque do primeiro tempo. Em menos de dois minutos, o camisa 9 foi essencial para o Flu colocar 2 a 0 no placar.
Primeiro, venceu Gabriel no alto e lançou Richarlison, nas costas de Rocha. O lateral fez a falta dentro da área. Na cobrança de pênalti, o "Ceifador" fez uma paradinha que deixou Victor plantado. De forma relâmpago, Henrique Dourado voltou a fazer um Carnaval na defesa do Galo e no cruzamento, achou Richarlison, que, de cabeça, anotou o segundo.
O Atlético conseguiu diminuir o prejuízo numa rara jogada aérea ofensiva bem sucedida. Cazares cobrou o escanteio, a bola passou pela "cozinha" e Gabriel acertou ela em cheio, para o fundo das redes. O equatoriano quase igualou o placar logo depois, ao pegar um chute de média distância de primeira, obrigando Cavalieri a espalmar para escanteio. 
PRESSÃO SEM EFICIÊNCIA
Tendo mais 45 minutos para, ao menos, empatar a partida, o Atlético tinha enormes dificuldades de se organizar na partida. Mas, com pressão, conseguiu criar duas chances claras para o empate. Ambas, porém, desperdiçadas por falta de paciência.

Primeiro, Fred recebeu um belo passe de calcanhar de Maicosuel (que entrou no intervalo). Estava livre e poderia ter dominado a bola. Porém, preferiu concluir de primeira e mandou por cima do gol. Depois, foi a vez de o meia-atacante perder um gol incrível, na pequena área. Maicosuel se livrou da marcação, mas, com a cabeça baixa, isolou a bola. 
Depois disso, o Galo foi na base do "bumba meu boi". Perdeu a organização tática, se expôs ainda mais na defesa, mas tentava o modo errado de empatar: alçar bolas na área. Mesmo com a presença de Rafael Moura, a defesa do Flu dominou por completo o jogo aéreo após sofrer o gol de escanteio. 
De forma inacreditável, o Atlético conhece primeira derrota no Independência no ano. Aos 51 minutos do segundo tempo, a torcida do Galo quase se matou coletivamente ao ver o volante Elias perder outro gol na cara, ao receber a bola de Fred. Neste momento, o Flu jogava com 10 atletas, uma vz que Sornzoa se machucou após as três substituições.
O alvinegro comete o primeiro pecado no Campeonato Brasileiro. Quem sonha com o título não pode perder em casa. Agora é se recuperar diante do Paraná na Copa do Brasil e contra a Ponte Preta no Brasileirão, em casa, na 3ª rodada.
Ficha Técnica
Atlético 1x2 Fluminense

Atlético: Victor; Marcos Rocha, Felipe Santana, Gabriel e Fábio Santos; Elias, Adilson, Rafael Carioca (Maicosuel) e Otero (Rafael Moura) Cazares e Fred. Técnico: Roger Machado
Fluminense: Diego Cavalieri; Lucas (Renato), Nogueira, Henrique e Léo; Orejuela, Wendel e Sornoza; Gustavo Scarpa (Douglas), Richarlison (Marcos Junior) e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.
Gols: Henrique Dourado, de pênalti, aos 37'/1ºT; Richarlison, aos 38'/1ºT; Gabriel, aos 40'/1ºT
Arbitragem: Jean Pierre Gonçalves; Lucio Beiersdorf Flor e Leirson Peng Martins. Trio gaúcho.
Cartões amarelos: Nogueira, Sornoza, Richarlison, Marcos Junior e Douglas (FLU)
Público: 16.145 presentes
Renda: R$ 453.335,00