AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Timão supera falta de criatividade e bate Universidad de Chile por 2 a 0

06/04/2017

Com um gol em cada tempo, equipe consegue confirmar favoritismo na estreia em casa

Estadão Conteúdo

Confusão de torcida, sufoco e um placar que não demonstra o que foi o jogo resume o que aconteceu na vitória por 2 a 0 do Corinthians sobre o Universidad de Chile, pela estreia na Copa Sul-Americana. O time alvinegro não fez uma grande partida, mas foi eficiente nas poucas chances de gol e, assim, conseguiu abrir boa vantagem para o jogo de volta, que será no dia 10 de maio, em Santiago.

A partida ficou marcada pela confusão dos torcedores com a Polícia Militar. Antes da bola rolar, chilenos arrancaram pedaços das cadeiras da arena e arremessaram em direção aos corintianos, que devolviam os pedaços atirados. A PM entrou em ação e assim que chegou ao setor destinado aos visitantes, os ânimos foram acalmados.

No intervalo, cenas ainda mais lamentáveis. Os chilenos voltaram a jogar cadeiras não só nos corintianos como também nos policiais, que reagiram de forma mais agressiva através de golpes de cassetete e, após alguns minutos de confusão, a maior parte dos cerca de 1.200 chilenos presentes foram tirados da arena pela PM. Nesta quinta-feira, o Corinthians deve divulgar o valor do prejuízo.

Com a bola rolando, o que se viu foi o Universidad de Chile dominando o jogo e o Corinthians sabendo aproveitar as raras oportunidades de gol. Rodriguinho e Jadson tinham tudo para deixar a arena criticados, já que a equipe brasileira teve muita dificuldade para criar jogadas ofensivas. Mas ambos acabaram como protagonistas.

Explica-se a incoerência. Nos momentos de maior pressão dos chilenos, Rodriguinho, na primeira etapa, e Jadson, no tempo final, marcaram. Rodriguinho não tem atuado com 100% de sua condição física e sua rotina no CT Joaquim Grava é ficar parte do treino no gramado e outra na academia, fazendo fortalecimento muscular no joelho esquerdo.

Nesta quarta-feira (5) , especialmente, o esforço mais atrapalhava do que ajudava o Corinthians até os 40 minutos do primeiro tempo, quando o Corinthians abriu o placar após um bombardeio ao gol chileno. Gabriel arriscou de fora da área, Johnny Herrera desviou e a bola bateu na trave. Guilherme Arana pegou o rebote e novamente o goleiro salvou, mas deixou a bola livre para Rodriguinho mandar para as redes.

Na etapa final, a Universidad de Chile continuou tendo mais a posse de bola e pressionava os corintianos. O empate não saiu graças à boa atuação de Pablo, Balbuena e Cássio, que tiveram bastante trabalho. Quando parecia que o gol seria uma questão de tempo, brilhou a estrela de Jadson. Aos 23 minutos, o meia bateu falta, Jô desviou e a bola voltou para Jadson, que encheu o pé e garantiu a vitória.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2 x 0 UNIVERSIDAD DE CHILE

CORINTHIANS - Cássio; Léo Príncipe, Pablo, Balbuena e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson (Pedrinho), Rodriguinho (Clayton) e Romero (Camacho); Jô. Técnico: Fábio Carille.

UNIVERSIDAD DE CHILE - Johnny Herrera; Matías Rodríguez, Gonzalo Jara, Christian Vilches e Schultz; Lorenzo Reyes, Gonzalo Espinoza (Pizarro) e Gustavo Lorenzetti; Iván Rozas (Ontívero), Felipe Mora e Sebastián Ubilla (Castellanos). Técnico: Guillermo Hoyos.

GOLS - Rodriguinho, aos 40 minutos do primeiro tempo; Jadson, aos 23 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Guilherme Arana, Léo Príncipe e Jadson (Corinthians); Castellanos (Universidad de Chile).

ÁRBITRO - Dario Herrera (Fifa/Argentina).

RENDA - R$ 982.780,90.

PÚBLICO - 22.661 pagantes.

LOCAL - Estádio Itaquerão, em São Paulo (SP). 

Timão supera falta de criatividade e bate Universidad de Chile por 2 a 0 Reviewed by DestakNews Brasil on 00:17 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.