Em tempo de Páscoa, o consumo de peixes, frutos do mar, chocolates e outras guloseimas aumenta consideravelmente.

Hoje em Dia
 
Camarão é um dos alimentos que mais causam alergias alimentares no Brasil
 
Porém, muitos alimentos que não são comuns da mesa do brasileiro podem desencadear reações alérgicas. Para quem não quer parar no hospital em pleno feriado de Semana Santa, especialistas listaram alguns cuidados que devem ser seguidos.
Pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (Asbai) revela que 85%
das reações alimentares se dão por leite, ovo, amendoim, crustáceos e peixe, comidas típicas do período. Ao lado do camarão, o leite bovino é o maior causador de alergias alimentares no Brasil. A bebida está presente em praticamente todos os ovos de páscoa e, por isso, quem já tem intolerância ou alergia, deve evitar a iguaria.

“As proteínas contidas no leite, como a caseína, a alfa lacto albumina e a beta lacto globulina, são as responsáveis pelo problema”, explica o médico Marcello Bossois, coordenador técnico do Brasil Sem Alergia. Segundo ele, o sistema imunológico identifica a substância como estranha ao organismo, desequilibrando seu funcionamento. “O processo dá origem a variados sintomas gastrointestinais e respiratórios”, alerta.
O especialista lembra, porém, que não é só a alergia que pode gerar reações após a ingestão do leite bovino. A intolerância alimentar é outro processo desencadeado pela bebida. Para a médica Patrícia Schlinkert, o leite de vaca, ao lado dos grãos e do café, é o campeão da doença. A intolerância é provocada pela lactose, o açúcar do leite. “É importante não confundir alergia com intolerância, já que os agentes causadores e os sintomas são distintos”, comenta.
O ovo, outro alimento comum nas ceias, é outro vilão dos pacientes com alergia. Ele possui ovalbumina e ovomucoide, duas proteínas presentes na clara. Os alérgicos não devem consumir o alimento. Alergistas destacam também a preocupação com o camarão. 
Segundo afirmam, os frutos do mar, crustáceos e moluscos são a principal causa de reação alérgica grave entre os brasileiros. Existem pacientes que sequer podem estar no mesmo ambiente onde é servido um prato contendo o alimento, já que o camarão pode liberar no ar toxinas altamente irritantes e perigosas aos alérgicos.
Os vinhos branco e tinto também não são bem-vindos para os alérgicos, que que possuem grande quantidade de leveduras e bactérias. O suco de uva é outra bebida que pode provocar espirros, coriza e tosse em alérgicos.