A partida que abriu a última rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro teve o gol derradeiro de uma goleada marcado aos 35 minutos do segundo tempo esquecido pela arbitragem. O América-TO e o Tricordiano, ambos já rebaixados, se enfrentaram em Teófilo Otoni. Vitória do Dragão por 4 a 1, sendo que o gol marcado por Dênis, para descontar para o time de Três Corações, não foi contabilizado na súmula eletrônica. 
O árbitro Flávio Henrique Teixeira Coutinho (FMF/CBF) não computou o bonito tento de Dênis, marcado de voleio, no relato oficial da partida elaborado pela equipe de arbitragem. No documento, disponibilizado no site da Federação Mineira minutos após o apito final, o placar estava 4 a 0 para o América, com os tempos e os autores dos gols (três vezes Vitinho e uma vez Vieira).
Apenas cerca de cinco horas depois de o jogo acabar, às 17h, houve uma retificação da súmula eletrônica, como já costuma acontecer no Campeonato Mineiro. Aí sim o gol de Dênis foi incluído. Detalhes é que o próprio twitter oficial da FMF, assim que soou o apito final, postou o placar certo (4x1) na rede social, quando registrou a entrega da bola do jogo para Vitinho, autor de um hat-trick.
Outro detalhe que chamou a atenção na súmula da partida é o banco de reservas formado pelo Tricordiano. Derrotado e lanterna da competição, o time de Três Corações apareceu pela última vez no Módulo I de 2017 tendo levado apenas um jogador no banco de reservas: o goleiro Rogério. 
Dono do apito da partida, Flávio Henrique Teixeira Coutinho ainda informou que as "taxas, passagens e diárias da comissão de arbitragem não foram pagas".  Os valores referentes a este pagamento são deduzidos das rendas brutas de cada partida. O Tricordiano (visitante e sem responsabilidade neste ato) chegou a ter problemas com as taxas, quando, ao não pagá-las, foi suspenso temporariamente do Módulo I, este ano, pelo TJD-MG.
Súmula da partida entre América-TO x Tricordiano, sem o gol de honra do visitante
Súmula da partida entre América-TO x Tricordiano, sem o gol de honra do visitante, publicado horas depois em versão "retificada" do documento. Note o banco de reservas do Tricordiano com apenas um reserva.