AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Jurerê Internacional é grande palco instrumental no fim de semana com feriado do Dia do Trabalho em SC

28/04/2017


Programação ​do 7° Jurerê Jazz ​traz grandes atrações para os últimos dias do festival de música instrumental na Ilha de Santa Catarina

 (Fotos Divulgação)

Referência como destino turístico para o verão e fora do eixo Rio-São Paulo, o badalado balneário de Jurerê Internacional, em Florianópolis, está transformado em um grande palco instrumental, onde o jazz e o acesso gratuito à maior parte das apresentações dão o tom principal: a 7ª edição do Jurerê Jazz Festival, que começou no dia 20 de abril, segue neste fim de semana prolongado pelo feriado do Dia do Trabalho como um convite para a família toda e para piqueniques de outono à beira-mar.

Um dos mais importantes festivais do País, esta edição do Jurerê Jazz conta ​ao todo ​
com mais de 40 shows, promovendo parcerias entre artistas pouco conhecidos e músicos renomados até fora do Brasil, e tendo como outra marca a gratuidade das apresentações: 95% delas são abertas ao público, em um palco montado ​no Open Shopping, ​
ao lado do mar de Jurerê Internacional, com estrutura coberta, cadeiras, praça de alimentação e bares. "Nossa proposta é dar visibilidade aos artistas, formar plateia e democratizar o acesso a um produto cultural que, esperamos, seja reconhecido nos próximos anos pela relevância do seu conteúdo", explica o criador e idealizador do evento, o produtor cultural Abel Silva.

​Com muitos dos espetáculos trazendo uma nova roupagem para  a música instrumental, o Jurerê Jazz Festival abre a agenda desde sábado (29/4) às 17h, com ​​
Fernando BL Trio, de Florianópolis, formado por Fernando BL (guitarra) e pelos músicos argentinos Martín Dustingorri (bateria) e Juanp Corranza (baixo acústico). Além do repertório autoral que estará no primeiro disco do trio, a ser lançado no segundo semestre do ano, obras de Edu Lobo e João Donato também integram a apresentação.


Ainda no sábado, às 18h, o compositor e guitarrista de jazz manouche ​​
Mauro Albert faz uma apresentação ao estilo jazz cigano. Com oito álbuns instrumentais lançados, sendo quatro dedicados ao gypsy jazz, ele é colaborador da revista Guitar Player e faz parte do catálogo de artistas do selo Hot Club Records, referência mundial no estilo. Depois dele, às 20h30, tem vencedor de Grammy no palco aberto ao público do Jurerê Jazz: ​​
Alegre Corrêa comanda o espetáculo acompanhado por Diogo de Haro e com participação de François Muleka. Autodidata, Corrêa começou sua carreira aos 13 anos e em 2009 recebeu o Grammy Awards como guitarrista do disco 75, de Joe Zawinul & The Zawinul Syndicate (Heads Up International), na categoria “Melhor Álbum de Jazz Contemporâneo”. Para encerrar a noite, uma ​​
Jam Session com Felipe Coelho (violão), Mauro Borghezan (Bateria) e Rafael Calegari (baixo), às 21h30, no​ hotel​
Il Campanário Resort, com cobrança apenas de couvert artístico.

​​​​No domingo, 30 de abril, quem abre a agenda de apresentações é ​​
Cássio Moura e convidados, em um show intimista no almoço do​ hotel​
Il Campanário (ingressos com o hotel). No Open Shopping às 17h, ​​
Nelson Viana dá início à programação aberta ao público. Com mais de 25 anos de carreira, o multi-instrumentista de Florianópolis irá mostrar seu projeto atual, Samba Soul Project, que mistura samba, soul, funk, com levadas modernas e muito swing. Às 18h, o pianista e compositor catarinense ​​
Luiz Gustavo Zago irá apresentar um show inédito no Jurerê Jazz. Em nova formação, vem acompanhado de Tiê Pereira (baixo) e Richard Montana (bateria) para mostrar suas composições mais recentes, que se destacam pela influência do rock e da música minimalista.

Ainda no domingo, às 20h, ​​
Amaro Freitas, pianista pernambucano de apenas 25 anos, fará no Jurerê Jazz uma das primeiras apresentações fora do seu Estado. Sua música pode ser classificada como jazz contemporâneo brasileiro com sotaque pernambucano, onde o frevo, o samba e a música afro ganham novas construções. E tudo isso misturado ao jazz, promovendo o diálogo do erudito com o popular e conversando diretamente com o público, dando um ar de vanguarda ao conservador piano. Para fechar a noite, às 21h30, ​​
Jam Session com a banda base Mind The Gap, formada por Felipe Coelho (violão), Mauro Borghezan (bateria) e Tiê Pereira (baixo). A Jam será no Il Campanário Resort, com couvert artístico.

No dia 1° de maio, três shows gratuitos comandam a programação do último dia de Jurerê Jazz no palco aberto de Jurerê Internacional. A banda ​​
Brass Groove Brasil é a primeira a se apresentar, às 15h, destacando os instrumentos de sopro como solistas principais. Da mistura entre samba, funk, ijexá, baião e maracatu, a banda de Florianópolis criou sua personalidade musical inspirando-se nas obras de Pixinguinha, Moacir Santos, Guerra Peixe e Nailor “Proveta”. Às 16h, ​​
Vini, Lindsay & Isaac sobem ao palco. A história do trio, também da Capital, começou em janeiro de 2016. Motivados pela paixão pelos Beatles, eles se uniram para criar versões pessoais e intimistas das canções dos Fab Four.

Para fechar a agenda de shows gratuitos, ​​
Felipe Coelho Trio apresentará a partir das 17h o seu disco autoral "Hora Certa", pautado não só pelo jazz, mas também pela world music instrumental influenciada pela música brasileira, flamenca, indiana, erudita e experimental. O músico participa desde a primeira edição e é destaque num dos pontos fortes do Festival: a diversidade de estilos da música instrumental. Fechando o festival, Elba Ramalho, Alceu Valença e Geraldo Azevedo sobem ao palco do Parador 12, às 19h, para apresentar o show "​​
O Grande Encontro", este um evento fechado com venda pelo site Ingresso Rápido (http://bit.ly/2mAjC1L).
​​

Confira a programação completa do feriadão:

28 DE ABRIL (SEXTA-FEIRA)

+ Arnou de Melo
Arnou De Melo é músico contrabaixista, compositor e produtor musical. Natural de Itajaí, estudou música na Califórnia e dedica sua carreira à música instrumental. Já tocou com Luiz Meira, Cláudio Infante, Vinícius Dorin, Arismar do Espírito Santo, Cuca Teixeira, Jorginho do Trompete, Toninho Horta, Lupa Santiago, Victor Alcântara, Carlos Ezequiel, Guinha Ramirez, Alessandro Kramer, Robertinho Silva, Téo Lima, Alegre Correa, João Donato e outros grandes nomes da música brasileira. Ao lado de Willian Goe (bateria) e Daniel Monteiro (violão), ele apresenta trabalho autoral nesse show.
Horário: 17h
Local: Jurerê Open Shopping
Ingressos: gratuito

+ Jorginho do Trompete
O músico gaúcho atuou por vários anos em grupos de samba, swing e samba rock, tendo a oportunidade de acompanhar nomes como Branca di Neve, Bebeto e Dhema. Em 2005, participou como solista e integrante convidado do sexteto do Programa do Jô. É membro da Banda Municipal de Porto Alegre desde 1999. Jorginho do Trompete também participou de discos de Nei Lisboa e Renato Borghetti.
Horário: 19h30
Local: Jurerê Open Shopping
Ingressos: gratuito

+ Africania
Formada em 2006 na cidade de Feira de Santana (BA), a Africania é fruto do nomadismo artístico capitaneado por Bel da Bonita em várias regiões do Brasil. Nesse processo de itinerância musical, a Africania especializou-se no estudo das percussões em suas múltiplas linguagens, principalmente nas manifestações da música sacra afro-brasileira e nordestina, estendendo seu diálogo rítmico com o jazz à música caribenha e ao psytrance.
Horário: 21h
Local: Jurerê Open Shopping
Ingressos: gratuito

+ Jam Session - com ​a banda de base Mind The Gap, com ​Felipe Coelho (violão), Mauro Borghezan (Bateria) e ​Tiê Pereira (baixo).
Horário: 21h30
Local: Il Campanário Resort
Ingressos: couvert artístico

​29 DE ABRIL (SÁBADO)

+ Samba de Raiz - Feijoada com música de Kako de Oliveira.
Horário: 13h às 16h
Local: restaurante do Il Campanário
Ingressos: com o hotel (48 3331-7200)

+ Fernando BL Trio
O guitarrista Fernando Bailão, radicado há 12 anos em Florianópolis, une-se aos músicos argentinos Martín Dustingorri (bateria) e Juanp Corranza (baixo acústico) para apresentar um repertório autoral de música instrumental brasileira moderna. Além das composições próprias, Fernando tocará obras de Edu Lobo e João Donato.
Horário: 17h
Local: Jurerê Open Shopping
Ingressos: gratuito

+ Mauro Albert
Mauro Albert é compositor e guitarrista de jazz manouche, o jazz cigano. Com oito álbuns instrumentais lançados, sendo quatro dedicados ao gypsy jazz, é colaborador da revista Guitar Player e faz parte do catálogo de artistas do selo Hot Club Records, referência mundial no estilo. Presença confirmada na maioria dos festivais e eventos dedicados ao estilo no Brasil, o músico paranaense já dividiu o palco com importantes nomes internacionais do gênero, como Robin Nolan, Jon Larsen, Louis Plessier, Dario Napoli, Manu Le Prince entre outros.
Horário: 18h
Local: Jurerê Open Shopping
Ingressos: gratuito

+ Alegre Correa - duo com Diogo de Haro e participação de François Muleka
Músico autodidata nascido em Passo Fundo e hoje com base em Florianópolis, iniciou na música aos 13 anos como violonista, cantor, percussionista e compositor. Em 1989 se mudou para Viena, Áustria, onde fundou quatro anos mais tarde o Alegre Corrêa Sextett, com o qual realizou diversas turnês pela Europa, tocando em importantes espaços culturais como a Opera de Viena, Vienna Konzerthaus e Jazzherbst Salzburger. Em 2009 recebeu o prêmio mais importante de sua carreira, o Grammy Awards, como guitarrista do disco 75, de Joe Zawinul & The Zawinul Syndicate (Heads Up International), na categoria “Melhor Álbum de Jazz Contemporâneo”. Diogo de Haro tem sua formação na música erudita e influência da música eletrônica, que traz com seus teclados sintetizadores. Nesse show o duo Alegre Corrêa (guitarra e voz) e Diogo de Haro (piano e sintetizadores) irá mostrar este trabalho de descoberta de misturas musicais, apresentando um repertório que une erudição, jazz e sonoridades brasileiras. O convidado especial é François Muleka (baixo elétrico e voz), pela afinidade que ambos têm pelo trabalho deste grande músico e compositor, que trará para o show a influência dos elementos da música africana. Caberá também uma pegada na música eletrônica de Diogo e que Alegre também traz, por sua vez, da experiência com o tecladista, compositor e arranjador de jazz austríaco Joe Zawinul.
Horário: 20h30
Local: Jurerê Open Shopping
Ingressos: gratuito

​​
+ Jam Session - com Felipe Coelho (violão), Mauro Borghezan (Bateria) e Rafael Calegari (baixo).
Horário: 21h30
Local: Il Campanário Resort
Ingressos: couvert artístico

30 DE ABRIL (DOMINGO)

+ Almoço - com Cássio Moura e convidados
Horário: 13h às 16h
Local: restaurante do Il Campanário
Ingressos: com o hotel (48 3331-7200)

+ Nelson Viana
Nelson Viana é um multi-instrumentista de Florianópolis com mais de 25 anos de carreira. Embora versátil, “Nelsão”, como é conhecido, diz que a voz é seu principal instrumento. Possui seu próprio estúdio, onde atua como compositor e arranjador, tendo produzido mais de 20 discos. Em seu projeto atual, Samba Soul Project, apresenta composições que misturam samba, soul, funk, com levadas modernas e muito swing.
Horário: 17h
Local: Jurerê Open Shopping
Ingressos: gratuito

+ Luiz Gustavo Zago Trio
Pianista e compositor catarinense, Luiz Gustavo Zago apresenta um show inédito no Jurerê Jazz. Em nova formação, vem acompanhado no Trio de Tiê Pereira (baixo) e Richard Montana (bateria) para apresentar suas composições mais recentes, que se destacam pela influência do rock e da música minimalista. O repertório fará parte do novo disco do pianista. Como arranjador trabalhou com os compositores Lenine e Toquinho, junto com a Orquestra Sinfônica Brasileira e Camerata Florianópolis. É diretor artístico da série “Camerata in Jazz” e da série “Canção”, com artistas e compositores catarinenses.
Horário: 18h
Local: Jurerê Open Shopping
Ingressos: gratuito

+ Amaro Freitas
Amaro Freitas, pianista pernambucano, natural de Recife, tem apenas 25 anos e é também tecladista, compositor, arranjador e diretor musical. Ele acaba de lançar seu primeiro trabalho autoral, “Sangue Negro”, e fará no Jurerê Jazz uma das primeiras apresentações fora do seu Estado. É jazz contemporâneo brasileiro com sotaque pernambucano, onde o frevo, o samba e a música afro ganham novas construções misturadas ao jazz e promovem o diálogo do erudito com o popular, conversando diretamente com o público e dando um ar de vanguarda ao conservador piano. Seu trabalho autoral flerta com a música contemporânea, o lirismo e o experimentalismo.
Horário: 20h
Local: Jurerê Open Shopping
Ingressos: gratuito

+ Jam Session com a banda base Mind The Gap - Felipe Coelho (violão), Mauro Borghezan (bateria) e Tiê Pereira (baixo).
Horário: 21h30
Local: Il Campanário Resort
Ingressos: Couvert artístico

1° DE MAIO (SEGUNDA-FEIRA)

+ Brass Groove Brasil
A Brass Groove Brasil surgiu para destacar os instrumentos de sopro como solistas principais. Da mistura entre samba, funk, ijexá, baião e maracatu, a banda de Florianópolis criou sua personalidade musical inspirando-se nas obras de Pixinguinha, Moacir Santos, Guerra Peixe e Nailor “Proveta”. Suas composições e releituras apresentam um diálogo peculiar entre a melodia e o contraponto, que serve como base para a construção dos arranjos, criando uma textura polifônica com sonoridade diferenciada.
Horário: 15h
Local: Jurerê Open Shopping
Ingressos: gratuito

+ Vini, Lindsay & Isaac
Vinícius é um compositor brasileiro da nova geração, enquanto o Duo Lindsay & Isaac tem uma trajetória de 16 anos de atividade na cena musical da Região Sul do Brasil, com mais de 400 shows desde 2000. Ambos os projetos têm forte influência dos Beatles e nesse encontro Vini canta e toca violão, Lindsay está nos vocais e Isaac toca violão. A história do trio de Florianópolis começou em janeiro de 2016. Motivados pela paixão pelos Beatles, os músicos se uniram para criar versões pessoais e intimistas das canções dos Fab Four.
Horário: 16h
Local: Jurerê Open Shopping
Ingressos: gratuito

+ Felipe Coelho
Jovem promissor no cenário do jazz, nascido na capital catarinense e com mestrado no gênero concluído na Universidade da Geórgia, Felipe Coelho participa desde a primeira edição e é destaque num dos pontos fortes do festival: a diversidade de estilos da música instrumental. Nos EUA ele tocou com nomes como o trompetista Randy Brecker, o saxofonista Kenny Garrett e o guitarrista nova-iorquino Frank Vignola. Neste show apresenta o disco autoral "Hora Certa", pautado não só pelo jazz, mas também pela world music instrumental influenciada pela música brasileira, flamenca, indiana, erudita e experimental.
Horário: 17h
Local: Jurerê Open Shopping
Ingressos: gratuito

+ O Grande Encontro
A trinca nordestina que ajudou a escrever parte da história da música brasileira encerra o festival em grande estilo. Alceu Valença, Elba Ramalho e Geraldo Azevedo comemoram 20 anos do projeto “O Grande Encontro” em show no Parador 12, em Jurerê Internacional. Do show original, marcado pelo formato acústico e intimista, o projeto ressurge muito mais vibrante, com mais interação entre os artistas e com sonoridade elétrica e percussiva. No repertório, clássicos que seguem conquistando gerações ao longo dos anos: “Anunciação”, “Banho de Cheiro”, “Dia Branco”, “Tropicana”, “Moça Bonita”, “Caravana”, “Belle de Jour”, “Canção da Despedida”, “Coração Bobo”, “Táxi Lunar”, “Bicho de Sete Cabeças” e muito mais.
Horário: 20h (a casa abre às 16h)
Local: Parador 12 (P12)
Ingressos: Ingresso Rápido (http://bit.ly/2mAjC1L)
Jurerê Internacional é grande palco instrumental no fim de semana com feriado do Dia do Trabalho em SC Reviewed by DestakNews Brasil on 16:47 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.