O técnico Roger Machado decidiu escalar um time só de jogadores reservas no Atlético para fechar a participação na primeira fase do Campeonato Estadual. A estratégia acabou rendendo a segunda derrota seguida do Galo na competição, desta vez diante da Caldense, em Poços de Caldas, por 2 a 1.
O alvinegro, que tem a liderança já garantida dede que o Cruzeiro empatou com o Uberlândia há três rodadas, só cumpria tabela e esperava a decisão do quarto colocado, posição ocupada pela URT, seu futuro adversário na semifinal. Mesmo assim, o Galo chegou a abrir o placar no Ronaldão, em belo gol de falta de Marlone, o primeiro dele no novo clube. Mas não conseguiu manter a superioridade que mostraria recuperação após a derrota para o Cruzeiro, no primeiro dia deste mês.
Só que o Atlético acabou perdendo o controle da partida no segundo tempo. A Caldense se arriscou mais no ataque e foi recompensada com dois gols de qualidade. Primeiro, bola alçada na área do visitante e o vice-artilheiro Luiz Eduardo testou no ângulo de Uilson. O atacante chega seis gols no Estadual e apenas Fred, suspenso, tem mais, com 10.
Na reta final da partida, o atacante Cristiano, cria da base do Galo, correu sozinho no meio de campo, se aproximou da área e calculou perfeitamente a força e a direção do chute. Bola no fundo das redes e virada da Veterana, que só não se classificou porque o Tombense perdeu por 2 a 1 para a URT. Em caso de empate, a equipe alviverde voltaria às semifinais. 
O vira-vira no placar fez a torcida da Caldense reviver momentos da campanha de 2015, quando foi finalista, melhor time da primeira fase, mas perdeu o título justamente para o Galo. Isso porque, nas três partidas em que enfrentou o Atlético há dois anos, venceu em Poços de Caldas por 1 a 0, com gol de Cristiano; empatou em 0 a 0 no Mineirão no primeiro jogo da final e perdeu por 2 a 1 na finalíssima, em Varginha, quando Luiz Eduardo chegou a empatar a partida. 
O Atlético termina a primeira fase do Mineiro com nove vitórias (seguidas) e duas derrotas nos 11 jogos. Agora, enfrentará o Sport Boys na próxima quinta-feira (13), pela Libertadores, no Independência. No fim de semana que vem, no domingo de Páscoa, pega a URT em Patos de Minas, pela ida da semifinal, tendo a vantagem num possível placar agregado.
FICHA TÉCNICA
CALDENSE 2X1 ATLÉTICO
 
Caldense: Neguete; Jefferson Feijão (Diego Clementino), Marcelo, Thiago Carpini  e Rafael Estevam;
Eduardo Mineiro (César), Hygor, Zambi e Leandro Oliveira (Cristiano); Wellington Rato e Luiz Eduardo. Técnico: Thiago Oliveira

Atlético: Uilson; Carlos Cesar, Felipe Santana, Jesiel (Nathan) e Leonan (Daniel); Adilson e Yago
Danilo Barcelos, Carlos Eduardo (Marco Túlio) e Marlone; Flávio Macarrão. Técnico: Roger Machado

Gols: Marlone, aos 37'/1ºT e Luiz Eduardo, aos 5'/2ºT e Cristiano, aos 33'/2ºT Arbitragem: Marco Aurélio Fazekas, auxiliado por Marconi Helbert Vieira e Magno Arantes Lira Cartões amarelos: Carlos César, Danilo, Yago e Marco Túlio (Atlético). Rafael Estevam e Zambi (Caldense) Público: Não divulgado Renda: Não divulgado Local: Estádio Ronaldão, em Poços de Caldas (MG)