AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Cruzeiro e América voltam a definir finalista neste domingo

23/04/2017

Raposa e Coelho brigam por vaga com times totalmente modificados em relação ao Mineiro 2016, edição em que também se enfrentaram na semi

@superfc

Cruzeiro e América decidem o segundo classificado para a final do Campeonato Mineiro neste domingo (23), às 18h, no Mineirão. Os clubes se reencontram uma semana após o empate por 1 a 1, no Independência. Na memória dos torcedores ainda está o duelo entre os rivais que aconteceu um ano antes, justamente nesta mesma fase do torneio nacional e que terminou com a classificação do Coelho para a grande final.

Porém, na prática, o confronto deste domingo está longe de ser considerado uma revanche entre os jogadores. Os dois clubes alteraram bastante suas equipes de um ano para cá. Nem mesmo os dois treinadores são os mesmos daquela temporada. Só dois titulares que estavam em campo em 2016 devem começar jogando nesta tarde, sendo um em cada time.

Do lado celeste, apenas o gringo Arrascaeta permanece entre os 11. Ele estava em campo no empate por 0 a 0 do ano passado, que também foi disputado no Mineirão, e não conseguiu evitar a eliminação azul. Fábio, Henrique, Elber e Alisson também foram escalados por Deivid em 2016, mas hoje, são reservas da equipe celeste, de Mano Menezes.

Já o vencedor do confronto na ocasião, o América, de Givanildo Oliveira, passou por um rebaixamento no Campeonato Brasileiro e acabou sendo reformulado em 2017. Do time titular atual, apenas o goleiro João Ricardo esteve em campo na classificação. Ernandes também é figura constante entre os 11 titulares do Coelho, mas está suspenso após ter levado o terceiro amarelo no primeiro jogo da semifinal.

“Nosso objetivo único é conquistar a classificação para a final. Temos um duelo duro com o América, assim como tivemos no domingo passado. Espero que o torcedor entenda a importância de chegar a uma final depois de dois anos e valorize aquilo que estamos fazendo na temporada”, disse o técnico Mano Menezes.

A Raposa chega ao duelo com a vantagem de poder empatar para se classificar. Como teve melhor campanha na fase de classificação, o clube joga por dois resultados iguais. Desta vez, para o Coelho só resta o desafio de vencer. E Rafael Sóbis vê uma responsabilidade maior para o Cruzeiro.

“Tem o peso da nossa camisa. Temos que entrar pra ser campeão de tudo. Nosso pensamento é esse. Depois de dois anos, é bom pra nós, até por merecimento. Temos um clássico, um jogo muito grande. Esperamos passar e voltar, depois de dois anos, a uma final estadual, será muito importante para nós”, destacou Sóbis.

O outro lado. Vencer o Cruzeiro no Mineirão é tarefa longe de ser tranquila para o América. Não apenas pelo bom rendimento do time azul no Gigante da Pampulha neste ano, onde soma nove vitórias, um empate e uma derrota, mas também porque o Coelho não consegue derrotar seu rival no estádio há 15 anos. O último triunfo veio na Copa Sul-Minas de 2002, por 2 a 1.

Remanescente da equipe que eliminou o Cruzeiro no ano passado e depois conquistou o Mineiro, o goleiro João Ricardo afirmou que existe uma ansiedade para esse clássico, mas que o grupo está confiante em superar o adversário e chegar a mais uma decisão do Mineiro. “É natural que haja essa ansiedade, porque se trata de uma decisão importante. Mas, trabalhamos bem nesta semana para neutralizar os pontos positivos do adversário”, ressaltou o goleiro.
É preciso ser melhor
“A nossa atitude em campo precisa ser igual ou ainda melhor do que foi no primeiro clássico. O Cruzeiro tem uma grande equipe, vai nos exigir bastante, mas acreditamos que podemos conseguir essa vitória e nossa vaga na final do Mineiro.”
Enderson Moreira
técnico do América


Kunty Caicedo tem desafio de manter bom rendimento da zaga

Apesar de Mano Menezes não anunciar com antecedência o time que vai começar jogando neste domingo (23), às 18h, contra o América, pelas semifinais do Mineiro, poucas novidades devem aparecer no time. Uma certa é a entrada do zagueiro equatoriano Caicedo, que substitui Manoel, que ficará cerca de dois meses afastado.

“Temos que trabalhar porque vamos ter a oportunidade. É preciso estar preparado. Estamos conscientes de que temos que fazer uma boa partida para seguir adiante”, comenta Caicedo.

O lateral-direito Ezequiel, contundido, fica de fora e abre espaço para John Lennon aparecer no banco de reservas. O titular deve ser Mayke, que vem sendo bastante contestado pela torcida.

Ao seu lado, o Cruzeiro tem um tabu que pode ser aumentado. O time celeste não perde para o América, dentro do Mineirão, desde 2002.

Surpresa na Toca. De Pitangui, o garoto Denner Jonathan, de 12 anos, que ficou conhecido depois de desenhar uma camisa do Cruzeiro no próprio corpo, visitou na manhã desse sábado (22) a Toca da Raposa II. O sonho do menino, de ter uma camisa oficial do clube, foi realizado. Suas expectativas foram superadas com presentes de alguns jogadores.

“De Rafinha, ele recebeu um par de chuteiras. O volante Henrique presenteou Denner com uma camisa oficial do clube. Thiago Neves fez questão de trocar a camisa com o garoto e afirmou que, quando possível, ira colocá-la em um quadro no vestiário celeste. Do meio-campo Arrascaeta, Denner ganhou uma camisa oficial do tetracampeão brasileiro personalizada com o nome do visitante. (Da Redação)
Ingressos. Continua neste domingo (23), das 10h até o início do segundo tempo, a venda de ingressos para o clássico entre Cruzeiro e América. Os bilhetes custam entre R$ 20 e R$ 100 e podem ser adquiridos também com meia-entrada. Foram colocados à venda 40 mil ingressos.
 

Cruzeiro e América voltam a definir finalista neste domingo Reviewed by DestakNews Brasil on 11:47 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.