As emendas parlamentares do Orçamento 2017 da bancada mineira no Congresso Nacional podem ser destinadas à compra de ambulâncias e caminhões compactadores de lixo. A informação é da deputada federal Raquel Muniz (PSD), que esteve ontem na entrega de 129 ônibus escolares a prefeituras mineiras, realizada na Cidade Administrativa.

O relato da prefeita de Itacarambi, no Norte de Minas, dá a dimensão da urgência. “Só temos duas ambulâncias para uma cidade de 18 mil habitantes. É pouco”, afirma Nívia Maria (PTB). Segundo ela, a questão dos resíduos sólidos é outra fonte de preocupação. “É uma prioridade. Por isso, a importância do caminhão de lixo”, diz.
Demanda
Para 2017, de acordo com a assessoria de orçamento público da Câmara dos Deputados, as bancadas estaduais poderão apresentar duas emendas impositivas, no valor de R$ 224,7 milhões por Estado.
“Nós temos recebido muitos pedidos de prefeitos por esses caminhões, ambulâncias e viaturas, mas também há outras prioridades, como a duplicação de estradas e a conclusão de barragens. No Norte de Minas temos ainda que concluir as barragens de Congonhas, Berizal e Jequitaí”, exemplificou a deputada Raquel Muniz.
No entanto, até o momento não há consenso entre os parlamentares mineiros, e a decisão deverá ser tomada só no segundo semestre.
“As pessoas estão aguardando alguma obra. Mas é difícil o consenso, porque Minas Gerais é muito grande. Neste ano, conseguimos entregar os ônibus escolares, que são muito importantes para os municípios mineiros”, acrescentou. 
Ontem foi entregue o quarto e último lote de um total de 678 ônibus escolares adquiridos com recursos de emendas de 2016 e caixa do tesouro estadual, ao custo de R$ 162 milhões.