Comprimidos estavam escondidos em sacos dentro da mala
 
Hoje em Dia
 
A Receita Federal apreendeu mais de 18 quilos de ecstasy no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, Região Metropolitana de Belo Horizonte, nesta quarta-feira (29). A carga foi avaliada em R$ 2,8 milhões.
O material ilícito, conforme a Receita, foi apreendido com uma passageira que retornava de Amsterdã, na Holanda. Antes de chegar no Brasil, ela passou por Bruxelas e Lisboa.
O entorpecente estava armazenado em 10 sacos plásticos, que continham cerca de 60 mil comprimidos. A mulher foi presa em flagrante e encaminhada para a Polícia Federal, que irá investigar o caso.

(Com Receita Federal)*