AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Arcos, Itapecerica e Abaeté apuram casos de febre amarela em macacos

29/03/2017
Cidades do Centro-Oeste entraram em lista atualizada pela SES-MG. Estado explicou mudanças específicas entre algumas ocorrências. 

Mais três cidades do Centro-Oeste de Minas aparecem na lista do municípios com casos suspeitos de epizootia, que é a morte de macacos pelo vírus da febre amarela. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) atualizou os dados na tarde desta quarta-feira (29) e, de acordo com o levantamento, Arcos, Itapecerica e Abaeté passaram a ter um caso classificado como "em investigação", quando ocorre o envio de amostra sanguínea do animal para análise em laboratório.

O relatório mostrou também a lista de cidades com "rumores" de epizootias, que ocorrem quando um macaco é achado morto, mas não é possível coletar amostra de sangue para análise. Um caso de rumor em Arcos, que constou em um boletim recente, desapareceu da lista nesta quarta-feira. 
 
Procurada pelo G1, a secretaria estadual explicou que, quando uma cidade que já havia registrado um rumor passa a registrar um caso "em investigação", o rumor é automaticamente retirado da lista.
"Isso ocorre porque ter um caso em investigação é um critério bem mais forte do que ter tido um rumor. Não faz sentido manter a tabela atualizada com rumores, porque nestes casos não houve coleta de macaco e nem haverá. Da mesma forma, se um caso tido como 'em investigação' é confirmado, ele entra para a lista de casos 'confirmados' e automaticamente sai da lista de casos sob investigação", explicou, por telefone, a assessoria de imprensa da SES-MG..
Até o momento, já foram registrados casos suspeitos da doença em macacos em 149 municípios mineiros. Desse total, 141 casos estão "em investigação" e outros 104 foram confirmados por critério laboratorial.
Cidades com rumores no Centro-Oeste
Araújos, Bambuí, Cláudio, Carmo da Mata, Conceição do Pará, Córrego Danta, Dores do Indaiá, Estrela do Indaiá, Formiga, Iguatama, Leandro Ferreira, Luz, Medeiros, Pará de Minas, Pedra do Indaiá, Nova Serrana, São Gonçalo do Pará, São Sebastião do Oeste.

Casos em investigação

Arcos, Bom Despacho, Carmo do Cajuru, Divinópolis, Formiga, Igaratinga, Itaúna, Lagoa da Prata, Martinho Campos, Moema, Onça de Pitangui, Perdigão, Pimenta, Santo Antônio do Monte, Tapiraí, Capitólio, Piumhi, Itapecerica e Abaeté.


Mortes de macacos por morte amarela confirmadas
Japaraíba e São Roque de Minas.

Fonte: G1

Arcos, Itapecerica e Abaeté apuram casos de febre amarela em macacos Reviewed by DestakNews Brasil on 19:14 Rating: 5
Postar um comentário
DESNEWS

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.