AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Postagem nas redes sociais, que vendedores de colchões estão assaltando moradores, é “BOATO”

07/02/2017


 Não seja mais um boateiro, confira as informações antes de compartilhar

Do DestakNews
Sem nenhum cuidado de checar se uma mensagem recebida e compartilhada no WhatsApp ou no facebook é verdadeira, muitas pessoas saem espalhando falsas informações nas redes sociais e gerando pânico desnecessário para a população.
Nesta terça-feira (7), um internauta de Itapecerica, compartilhou em seu perfil a seguinte mensagem:


Atenção: estão andando nas casas 2 rapazes fazendo demonstrações de colchões ortopédicos. Não abram o portão pra eles e nem os deixam entrar em sua casa. Cuidado eles tb tem uma mulher junto com eles!!! São ladrões e estão armados! Passe esta mensagem pra todas as pessoas que você conhece! Vamos ficar atentos
Obrigado
Repassando
Informação da Polícia Civil.

 (Foto reprodução/Postagem publicada em um perfil na rede social facebook nesta terça-feira (7).

Esta falsa mensagem vem circulando nos grupos de WhatsApp desde o ano de 2015 e se espalhando pelo Brasil. O problema maior, é que as pessoas sentem a necessidade  de ser o primeiro a passar uma suposta informação, na qual não tem se quer uma fonte segura de origem e acham que tudo que é compartilhado nas redes sociais é verdadeiro.
Alguns  grupos de WhatsApp, tem pessoas especializadas em criar textos  com falsas notícias, fazendo com que estes boatos se multipliquem por toda rede.
São muitas mensagens de falsas vagas de emprego, pessoas desaparecidas, medicamentos que foram proibidos a sua comercialização, entre  muitos outros boatos. O WhatsApp, nunca foi fonte de informação segura, a não ser, quando você recebe um link de uma notícia de um jornal bastante conhecido e confiável, mas mesmo assim ainda recomendável que antes de você repassar uma informação, pesquise primeiro no Google sobre o determinado assunto e veja  se aquela informação encontra-se publicada em algum jornal. Após confirmada a veracidade dos fatos, você poderá compartilhar a vontade de forma segura e confiável.
Quando você compartilha boatos, de uma suposta informação que não tem nenhuma fonte segura, você está sendo cúmplice em disseminar mentiras, que poderão causar algum prejuízo para a sociedade.


Polícia:

Quando a Polícia Civil ou Militar tem um “alerta” a ser passado para a população, isto é feito por meio da imprensa por meio de nota. Muitas vezes as pessoas quando compartilham este tipo de boatos, costumam ao final da mensagem, colocar a seguinte frase, “REPASSANDO”; para poder se livrar da culpa de ter retransmitido uma falsa informação.

Então segue a dica, se você não tem certeza que o fato é verídico, não compartilhe e procure se informar melhor. Outro detalhe, nunca envolva  o nome de instituições serias em seus boatos, como dizer que a informação é da Polícia Civil,Polícia Militar,Polícia Federal, Corpo de Bombeiros e etc. Se você gosta de compartilhar notícias, faça isso a vontade, mas procure buscar as notícias nos veículos de comunicação que realmente são sérios e tem o compromisso de informar os leitores  a realidade dos fatos.

Por tanto, a mensagem acima compartilhada no Facebook, são boatos que foram espalhados nas redes sociais.
 Veja uma matéria que foi publicada no portal Boatos.org em 14/08/2015, que desmente estes boatos
Postagem nas redes sociais, que vendedores de colchões estão assaltando moradores, é “BOATO” Reviewed by DestakNews Brasil on 16:40 Rating: 5
Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.