AFP

Uma editora indiana está sendo duramente criticada nesta quarta-feira (8) por ter publicado um livro escolar aconselhando os alunos a asfixiar gatos como experimento científico.
O livro, utilizado por centenas de escolas privadas na Índia, propõe colocar dois filhotes de gato em caixas separadas, uma com furos e outra totalmente fechada, com o objetivo de estudar a importância do oxigênio para os mamíferos.
"Coloque um gatinho em cada caixa. Feche as caixas. Depois de um tempo abra as caixas. O que você vê? O gato na caixa sem oxigenação está morto", explica o texto.
Os defensores dos direitos dos animais indicaram que várias escolas retiraram o livro de circulação. Também conseguiram que a editora prometesse que suprimiria o polêmico experimento na próxima edição.
"Talvez pareça estúpido, mas propondo este experimento colocavam em risco a vida de crianças e animais", declarou à AFP Vidhi Matta, porta-voz da federação de organizações indianas protetoras dos animais.
Matta afirmou que não sabia da existência de alunos que tivessem realizado o experimento.
Os livros escolares indianos costumam ser alvos de críticas por conter erros graves em seu conteúdo.