AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Rapaz aguarda por transferência há mais de 10 dias em Campo Belo/MG

Um rapaz de 29 anos de idade se encontra internado na Santa Casa desde o dia 22/12/2016 aguardando por uma transferência. Ele tem uma refratura no fêmur e precisa urgentemente de um procedimento de alta complexidade, que é realizado em Belo Horizonte. 

Alisson diz que passou da hora de Campo Belo ter especialistas em alta complexidade. (Fotos:diariocampobelo.com)
 
Alisson Aparecido de Paula já passou por 23 cirurgias, e desta vez ele fraturou novamente o fêmur. Foi levado à UPA, mas ao invés de ser reencaminhado para um centro de alta complexidade, a Unidade de Saúde solicitou a vaga à Santa Casa, de acordo com familiares. Segundo a Instituição hospitalar onde o mesmo se encontra internado, o procedimento é realizado no Hospital Maria Amélia Lins. Uma das enfermeiras fez contato com a instituição hospitalar na capital mineira e ficaram de dar uma resposta no fim da tarde desta segunda (02/01/2017). O especialista que atenderia o rapaz sai de férias amanhã, e só retorna no dia 14/02/2017, tempo demais para o rapaz que devido ao estado em que se encontra, poderá desenvolver uma trombose. A Secretaria de Saúde foi procurada pela produção do Diário Campo Belo, porém, segundo a enfermeira Leidiane, eles não tinham conhecimento sobre o caso. A enfermeira disse que a nova administração iniciou-se hoje e ficou de verificar o assunto com a enfermeira Joana Darc Lemos (responsável pela enfermagem da UPA há vários anos).

Demora que provoca angústia ao mecânico Alisson, uma vez que este sofrimento começou há mais de 4 anos. Ele foi atropelado por um motoqueiro em 07/10/2012. À época, ele foi transferido para o hospital João XXlll. Foram diversas fraturas expostas na perna esquerda, inclusive vascular além dos ligamentos. Em razão disso ficou internado na capital mineira por cerca de 4 meses e 20 dias, recebeu alta, veio pra casa. Posteriormente, de acordo com Alisson, fez os prós retornos no Maria Amélia Lins, pois o João XXIII atende somente urgência e emergência. O caso do mecânico evoluiu para um pseudoartrose. Colocaram a haste e fizeram enxerto ósseo em 2013/2014, e no final de 2016 ele apresentou inflamação. Segundo médicos, o organismo rejeitou o enxerto, e então o rapaz foi internado para retirem a haste.

O mecânico garante que as recomendações médicas foram adotadas, mas em dezembro de 2016, ele estava caminhando e a perna quebrou. “Fui levado pra UPA, de lá ligaram pra Santa Casa perguntando se tinha vaga, mesmo sabendo que era alta complexidade. De modo geral, Campo Belo já deveria ter um centro de alta complexidade pelo grande número de acidentes registrados aqui. Eu reclamo não somente por mim, mas pelas dezenas de vítimas que passam por problemas semelhantes ao meu, isso precisa mudar”, pediu o mecânico.
Ele elogiou os profissionais de saúde. “Os enfermeiros e médicos nos tratam bem, o descaso é dos governantes. Tem que colocar gente comprometida pra um lugar desse (transferência). O médico disse que quanto mais tempo passar, mais meu quadro clínico pode se agravar. Pode inclusive evoluir para uma trombose”.

Fonte: Diário de Campo Belo
Rapaz aguarda por transferência há mais de 10 dias em Campo Belo/MG Reviewed by DestakNews Brasil on 16:33 Rating: 5
Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.