Funcionários de supermercado em Divinópolis, cometem erro ao acusarem uma criança de praticar furtos no estabelecimento



A Polícia Militar foi solicitada na tarde desta quinta-feira (1), pela mãe de uma criança que teria sido acusada de ter cometido furtos em um supermercado em Divinópolis.


A solicitante, mãe da criança, relatou a polícia, que transitava pela avenida com o seu filho e de repente parou perto do estabelecimento no intuito de conversar com uma testemunha, em determinado momento, uma funcionária do supermercado, a abordou e relatou que o seu filho estaria furtando objetos no interior do estabelecimento, a mãe da criança perguntou a funcionária, se a mesma tinha certeza do que estava dizendo, outro funcionário do supermercado, se aproximou e afirmou que tinha certeza que era o seu filho que estaria praticando o furtos no estabelecimento, pois o fiscal da loja havia detectado através das filmagens. Diante da suspeita, a solicitante, a vítima e a testemunha, entraram para o estabelecimento para tentar sanar o problema.
Após algumas horas aguardando no local, o fiscal do estabelecimento retornou as filmagens gravadas e constatou que o autor dos furtos não se tratava da pessoa que foi acusada.
A ocorrência foi registrada pela  Polícia Militar (PM)