AnuncioTop

Ultimas Notícias

recent

Após tragédia aérea que matou 71 pessoas, Chapecó recebe seus heróis neste sábado

Estadão Conteúdo

Arena Condá é preparada para receber corpos de jogadores para o velório
Chapecó está pronta para receber seus heróis. A previsão é que o primeiro dos três aviões da FAB chegue à cidade de Santa Catarina às 7h45 deste sábado, trazendo as primeiras urnas embarcadas nesta sexta-feira em Medellín dos corpos de jogadores da Chapecoense, dirigentes, convidados e membros da comissão técnica.

O primeiro avião partiu da Colômbia às 19h25 (do horário de Brasília), depois de cortejo oficial e devidas homenagens. A previsão é que as aeronaves cheguem ao Brasil com diferença de 15 minutos cada.

A cerimônia em Medellín dimensionou o sofrimento de um povo e sua união definitiva com os brasileiros. O cortejo ganhou as ruas da cidade e a bênção de um padre antes que os corpos fossem enviados de volta para casa. Houve muita comoção. Os aviões tinham previsão de parada de 1h30min em Manaus para reabastecimento. Quatro sobreviventes brasileiros permanecem na Colômbia.

A FAB deixo Medellín com 50 dos 64 brasileiros mortos no desastre da LaMia, que transportava o time da Chapecoense, convidados e jornalistas para jogo da final da Sul-Americana, contra o Atlético Nacional. A causa da queda do avião, de acordo com informações de órgãos da Colômbia, e que matou 71 pessoas, foi falta de combustível.

A Fifa decretou minuto de silêncio para todas as partidas deste sábado e domingo pelo mundo, depois de o futebol amargar a maior tragédia envolvendo um time em toda a sua história.

DIA DE HOMENAGENS
O dia será de homenagem e emoção em Chapecó. A cidade vai parar com o intuito de se despedir de seus ídolos. O velório coletivo e homenagem às vítimas do acidente aéreo que matou atletas, comissão técnica, dirigentes da Chapecoense e profissionais de imprensa deve ser aberto ao público por volta do meio-dia, na Arena Condá, em Chapecó. Antes disso, personalidades do futebol, governantes e personalidades farão suas homenagens.

O roteiro ainda prevê um encontro com o presidente da República, Michel Temer, no aeroporto da cidade. A expectativa é que metade da cidade, cerca de 100 mil pessoas, participe de alguma forma da cerimônia. A organização também espera receber o presidente da Fifa, Gianni Infantino; o presidente colombiano Juan Manoel Santos; e o técnico da seleção brasileira, Tite. Também é esperado alguns ex-jogadores do clube e diversas personalidades do mundo político e futebolístico.

No gramado, uma série de homenagens ocorrerão. Em uma delas, que foi ensaiada nesta sexta-feira, 71 pessoas entrarão no gramado segurando bexigas brancas. O nome de cada falecido será citado e a bexiga com seu nome será solta. Uma camisa com o nome do morto e uma flor serão entregues para os familiares.

Os três aviões que saíram da Colômbia, com os corpos de 50 vítimas, devem chegar à Chapecó com um intervalo de 15 minutos entre eles. Na sequência, Temer irá entregar as medalhas de honra ao mérito desportivo aos familiares dos jogadores.

A cerimônia com o presidente está prevista para durar apenas 45 minutos. O trajeto entre o aeroporto e a Arena Condá deve levar pelo menos 1h30. A Polícia Militar tem pedido para que o público se dirija diretamente para o estádio - evitando aglomerações no aeroporto (que estará interditado) e ao longo do caminho até o estádio.

Os caixões serão transportados em três caminhões abertos. Carros dos Bombeiros vão abrir e fechar o cortejo, que será acompanhado por policiais. O comboio passará pelas avenidas Irineu Bornhausen, Avenida General Osório e Rua Uruguai. A Arena Condá comporta cerca de 20 mil pessoas, mas como a previsão é de que mais de 100 mil, a prefeitura de Chapecó alugou dois telões nos arredores do estádio.

Se tudo correr dentro do previsto, os corpos chegam às 11h15 na Arena. Antes da abertura dos portões, os familiares e amigos próximos terão 45 minutos para uma cerimônia íntima. A expectativa é que o velório se encerre às 15 horas.



APARATO GIGANTESCO DE SEGURANÇA 


Para a segurança do evento serão colocados 150 Policiais Militares; 60 Bombeiros; 25 Policiais Rodoviários Federais; 20 Policiais Rodoviários Estaduais; 300 oficiais do Exército; 20 Policiais Civis; 12 Agentes de Trânsito; 40 Guardas municipais; e 150 a 200 seguranças.

Além do esquema de segurança, a organização colocará 450 profissionais da saúde, entre médicos, enfermeiros, psicólogos, auxiliares de enfermagem e farmacêuticos, motoristas, com as respectivas estruturas operacionais, além de 200 voluntários de diversas instituições. No total, é esperado pouco mais de 1000 jornalistas no evento de 15 países diferentes.

Após tragédia aérea que matou 71 pessoas, Chapecó recebe seus heróis neste sábado Reviewed by DestakNews Brasil on 01:15 Rating: 5
Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.